Nasce o quarto Porks

Mais uma das fervilhantes esquinas da Vicente Machado oferece bom motivo para curtir a noite: a segunda casa do Porks  – Porco e Chope instalou-se na confluência com a Brigadeiro Franco, onde ficava O Barba. O primeiro pub do grupo é aquele agitado espaço de fronte ao Museu Oscar Niemeyer e já tem dois endereços em Belo Horizonte.

Enquanto José  Araújo Netto, o arrojado empreendedor, se prepara para abrir em breve mais uma filial em Curitiba, tem-se que conhecer o Porks da Vicente, cuja capacidade interna é para 80 pessoas. E tem toda uma calçada à disposição. (Por que os jovens curitibanos deram de se apinhar nas calçadas?).

O cardápio traz aquele diferencial: preço único para os comes a dez reais. E tudo muito delicioso, com sabor meio mineiro: Costelinha de porco barbecue  ao molho com cerveja defumada; Linguicinha artesanal de pernil e especiarias, servida com limão à francesa; o sensacional Torresminho servido em tiras com sal e lemon pepper; o Porks Bacon Burger, hambúrguer de costelinha de porco com queijo mozzarella e cheiro verde – também disponível na opção vegetariana.

São treze torneiras de chope, com rótulos de cervejarias locais e nacionais, com valores a partir de oito reais. Na inauguração, a casa distribuiu gratuitamente mil chopes, 200 gim tônicas e 200 quentões.

Ambiente descontraído e com pitadas divertidas, como uma bicicleta no teto e frases humoradas, o pub ainda promove música ao vivo nos finais de semana. No Porks do MON, tem  o Blues na Janela. “Aqui teremos o Blues no Sofá, com o mesmo objetivo de movimentar a cena local da capital e promover boa música”, disse Netto, na festiva inauguração.

Anote: Av. Vicente Machado, 642, Batel.Abre de terça a sexta, das 17 à meia-noite, sábado e domingo, das 14 às 22h.