Anarco na Curitiba Restaurant Week

 

Nos últimos dias para conferir a 20ª Curitiba Restaurant Week, festival gastronômico que termina neste domingo (15), experimente o cardápio do Anarco Empório e Restaurante. A unidade do Mercado Municipal é bem conhecida, mas as criações gastronômicas autorais e recheadas de sabores e história tem outro endereço, mais novo, no Batel.

Referência em culinária italiana há quase 30 anos, a casa tem por chef de cozinha Ilsa Artusi Agottani, descendente de imigrantes da Colônia Socialista Cecília. Por sinal, essa origem explica o nome do restaurante Anarco: a colônia foi uma histórica experiência anarquista no Paraná e anarco significa, em grego, sem governantes.

“Em 1991, iniciamos com um empório de bebidas e produtos importados, já no Mercado Municipal de Curitiba. E nos finais de semana eu preparava algumas comidinhas para harmonizar com vinhos para os clientes que chegavam à loja. E a partir daí nasceu a ideia de criar um restaurante”, lembra a chef, tem a filha Bruna como fiel escudeira. Mas o seu envolvimento com a gastronomia vem de berço.

Ilse teve a que puxar: sua avó paterna, Crimeni Artusi, era ótima na cozinha, possível legado de Pellegrino Artusi (1820-1911), autor do livro A Ciência na Cozinha e a Arte de Comer Bem.

Fotos que decoram o ambiente dos dois restaurantes lembram essa história dos imigrantes anarquistas, graças a Deus. No menu, massas, carnes e peixes bem apresentados.

Para a Curitiba Restaurant Week, os pratos são preparados especialmente para a ocasião. Recomendamos de entrada a salada mediterrânea e manta de búfafa. No jantar, de prato principal optei pelo Haddock Defumado com Legumes, mas  Risotto de Funghi e o Talharim com Mignon Funghi Truffado também foram bem elogiados (e devorados, nem deu para dar uma experimentadinha). E de sobremesa é imperdível o sorvete cremoso de goiaba, receita da chef, mas outra opção: Panna Cota de Frutas Vermelhas.

Para o almoço, os pratos principais a escolher são talharim com galeto assado com molho funghi e posta de salmão grelhada acompanhada de legumes frescos e grelhados e talharim com ervas finas. O Anarco no Mercado Municipal abre só para o almoço. E, por fim, há mais de 150 rótulos de vinhos disponíveis nas duas casas.

No evento, o menu completo para todos os 45 restaurantes é composto por entrada, prato principal e sobremesa, com o tema Cozinha Mediterrânea – desafio de abordar ingredientes frescos, leves e naturais, com os preparos característicos do litoral mediterrâneo. O almoço custa R$ 46,90 e o jantar R$ 58,90.

No Mercado Municipal, o Anarco atende em área exclusiva na Praça Jamil Snege e também em uma cantina italiana. A capacidade é para cem pessoas na praça e 40 pessoas na área reservada. Já no Batel, oferece 80 lugares.

Mas, além dos pratos da Curitiba Restaurante Week,  a chef Ilse assina Risoto de funghi com vários tipos de cogumelos, pinhão com tartufo italiano fatiado, salsa de tartufo e decorações – R$ 99,90, essa mesma opção acompanhada de mignon fica R$ 110,90. Se a pedida é massa, a sugestão é o Papardelle Mignon ao Funghi com Pinhão Trufado (R$ 102,90). Entre as opções para duas pessoas, T-Bone de Cordeiro (500 gramas de t-bone de cordeiro, arroz ou massa, legumes, batata, ovos cozidos e molho R$ 115). Entre as opções de entrada, Carpaccio de Carne (R$ 28,90) ou Haddock (R$ 32,90) e ainda, Casquinha de Siri com Ovas de Capelin (R$ 29,90).

Anote: no Batel (Rua Marechal José Bernardino Bormann, 600), abre diariamente das 11h às 15h, e no jantar de terça a sexta das 19h30 às 22h30. Fone 3013 5379. No Mercado Municipal, atende de na segunda-feira das 11h às 14h, de terça a sábado das 11h às 16h e domingo das 11h às 15h.