Coluna Lifestyle 30-08-2018

933

Conheça a arquiteta que traz projetos cheios de arte

Anna Loyola trabalha com novos talentos e artistas plásticos consagrados

Há mais de 20 anos no mercado do Paraná, o escritório da arquiteta Anna Letycia Loyola tem projetos em Santa Catarina , São Paulo, Miami. Formada em 1998 pela PUC/PR, Anna trabalhou em diversas áreas da arquitetura. Sua visão detalhista e perfeccionista em projetos de Arquitetura de Interiores a tornaram reconhecida por entregar projetos únicos.
Ao longo de sua carreira, Anna afinou seu olhar – sempre interessado – para as artes plásticas e hoje seus projetos contemplam peças de acordo com o estilo e modo de vida de seus clientes. “Acredito que a arte faz toda a diferença em um projeto. Ela não só conta a história do morador, como enriquece o mobiliário e torna o espaço exclusivo”, conta a arquiteta que frequenta galerias de São Paulo e outras capitais em busca de novos nomes e referências. Entre elas elas estão Nara Roesler e a Millan, além de inúmeras Feiras de Arte e museus. “A arte vai além de representação. Ela traz nuances, conta histórias. São, ainda, um investimento para a família de quem adquire”, completa Anna.
Em seus projetos estão desde esculturas de artistas consagrados, até quadros de novos talentos. Um bom exemplo são as peças que ela apresenta na Mostra Artefacto 2018. Anna escolheu diversas formas de arte, entre elas a foto ‘’Pele ‘’ do fotógrafo Renato Serigni , um artista em plena ascensão. A escultura do nipo-brasileiro Yutaka Toyota é um dos destaques. O artista, que está com uma grande exposição na FAAP em SP, recentemente lançou um livro com a retrospectiva de sua carreira. Outro destaque vai para as chapas metálicas de Emmanuel Nassar, artista paraense, que evoca a cultura popular local, seja nas cores vibrantes ou nas formas geométricas das casas e de barracas de feira. “Hoje a arte está presente em tudo que faço”, finaliza Anna.
O atendimento exclusivo ao cliente e o vasto conhecimento em execução de obras permitem à arquiteta participar ativamente de todas as fases da obra até a entrega final. Seu estilo contemporâneo e a sensibilidade para captar os desejos de seus clientes marcam Anna Loyola como uma das profissionais mais relevantes do cenário nacional.


Você sabia que existe um restaurante na Ópera de Arame?

Somos o Ópera Arte e estamos localizados no subsolo de um dos pontos turísticos mais charmosos da capital paranaense

No início de 2015, um pequeno espaço na entrada da Ópera de Arame foi criado e começou a atuar como “Quiosque Ópera Arte”. Este local oferecia aos turistas quitutes e bebidas em seu atendimento diário.
Com a intenção de oferecer aos visitantes da Ópera de Arame um contato com arte e cultura, a iniciativa de dar largada à grande reforma no subterrâneo de um dos espaços mais visitados na capital paranaense trouxe à realidade um sonho que para muitos parecia ser impossível.
Em abril de 2017, o atendimento do Ópera Arte se estendeu para o subterrâneo da Ópera.
Dentro do complexo do Parque das Pedreiras, o ÓperaArte surgiu com a intenção de atender com excelência ao público diário, shows e eventos particulares. Oferecer um ambiente aconchegante com sofisticação ao público visitante se tornou missão para a equipe de profissionais que estavam envolvidos neste início de projeto.
Agora, o público pode apreciar a beleza natural, desfrutar de uma rica gastronomia e ainda contemplar as obras de arte em exposição no interior do espaço. Hoje, além de estarmos abertos diariamente para receber os curitibanos e turistas, programamos eventos corporativos, lançamentos de produtos, formaturas, casamentos, entre outras cerimônias e festividades.
Vale a pena conhecer o espaço, experimentar as delicias de nossa culinária e relaxar neste ambiente incomparável.


Na foto estão Edson Tomihama, um dos franqueados da rede em Curitiba, Alex Chagas, diretor da regional SOU do McDonald’s, Adriano Lago, superintendente do Hospital Erasto Gaertner, Giovana Ferri, representante da APACN, Claudio Moura Soares, gerente regional do McDonald’s e Isabel Ossoski, presidente da Rede Feminina de Combate ao CÃncer do Hospital Erasto Gaertner.
Na foto estão Edson Tomihama, um dos franqueados da rede em Curitiba, Alex Chagas, diretor da regional SOU do McDonald’s, Adriano Lago, superintendente do Hospital Erasto Gaertner, Giovana Ferri, representante da APACN, Claudio Moura Soares, gerente regional do McDonald’s e Isabel Ossoski, presidente da Rede Feminina de Combate ao CÃncer do Hospital Erasto Gaertner. Crédito da foto com a equipe de Curitiba: Karina Trzeciak Crédito das fotos com a Viviane Senna: Fernando Ctenas/McDonald’s/Divulgação

Toda a venda de Big Mac realizada no último sábado (25), nos mais de 900 restaurantes McDonald’s de todo o país (exceto alguns impostos) será doada para as entidades de acordo com às necessidades dos projetos em andamento. Em Curitiba, duas Instituições são beneficiadas pelo McDia Feliz: A Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia (APACN), e a Rede Feminina de Combate ao Câncer do Hospital Erasto Gaertner. Juntas, as duas dão tratamento e suporte de qualidade para crianças e adolescentes e também seus familiares vindos de diversas cidades do Brasil e até de outros países.


Porto a Porto 20 anos

No último sábado, dia 25 de agosto, os proprietários e a diretoria da Porto a Porto receberam a imprensa para um almoço em comemoração ao aniversário de 20 anos da importadora. Além do grupo de convidados da mídia curitibana, esteve presente o diretor da importadora Casa Flora, Adilson Carvalhal Júnior, parceira da Porto a Porto desde 2003.
O local escolhido para o encontro foi o Celso Freire Gastronomia. No cardápio, o champanhe Deutz, os vinhos brancos Chan de Rosas Cuvée e Clos Floridene e os tintos Duorum Reserva e o Château Fleur Cardinale Grand Cru Classé. Para fechar o almoço, foi servida a edição comemorativa do vinho do Porto Caves Messias 20 anos.
Em breve, a Porto a Porto lançará a edição especial do livro (digital e impresso) “O Mundo do Vinho da Porto a Porto”, fechando as comemorações das duas décadas da importadora. Aguardem!

PORTO A PORTO
Em 2018 a importadora Porto a Porto completa duas décadas. Tudo começou em 1998, em Curitiba, na época da abertura do mercado brasileiro aos importados. Atualmente são mais de 1.500 produtos com excelente relação entre custo e qualidade que a tornam especialista e referência no cenário enogastronômico brasileiro. A empresa se preocupa em manter um portfólio completo, oferecendo aos seus clientes a maior variedade possível de itens do segmento.
A Porto a Porto representa aproximadamente 120 fornecedores internacionais de países como França, Itália, Espanha, Portugal, Alemanha, Chile, Argentina, Austrália, Nova Zelândia, entre outros. Além dos vinhos, bebidas como cervejas, destilados, sucos e águas compõem o portfólio. Entre os produtores que se destacam no catálogo estão os espanhóis da Premium Fincas (Marqués de Tomares, Nuestro e Chan de Rosas) e Pata Negra; os portugueses da Caves Messias, da Carmim e os enólogos Filipa Pato e João Portugal Ramos; os chilenos da Carolina Wine Brands (Santa Carolina e Viña Casablanca); e os argentinos da Nieto Senetiner e Alfredo Roca. Representa ainda os vinhos franceses da Domaine Denis Dubourdieu e o famoso champanhe Deutz.
A Porto a Porto é responsável no Brasil pelas cervejas da marca alemã Paulaner.
O portfólio da importadora possui produtos do segmento alimentício como os da marca Paganini, responsável pela maior e melhor linha de itens italianos cuidadosamente selecionados para o consumidor brasileiro. Além dela, dezenas de outros fornecedores de alimentos importados.

Instalada em Curitiba (PR), a abrangência dos produtos em território brasileiro é total. A empresa possui longa parceria com a importadora Casa Flora, com sede em São Paulo (SP). A Porto a Porto possui filial em Porto Alegre (RS) e em Brasília (DF); a Casa Flora possui filial no Rio de Janeiro (RJ) e em Belo Horizonte (MG); e o Grupo possui uma distribuidora em Recife (PE), chamada Veloz Distribuição.