Decifrar esse momento de tecnologia alterando as relações humanas é dever dos designers, como se percebeu entre os 180 expositores do salão de designer Inspiramais 2020_II, acontecimento em São Paulo. E um dos expositores, a Cipatex, respondeu com a coleção de laminados Origens para calçados, bolsas e acessórios.
Essas mudanças no modo de ver e viver a vida, diz a estilista e consultora de moda Tatiana Ritzel, responsável pela nova coleção da Cipatex, refletem nos “materiais com aspectos mais rústicos e aconchegantes, com conforto que pode ser sentido sem a necessidade do toque”. Silvio Martins, gerente de marketing da Cipatex, lembra que as coleções respondem a uma intensa pesquisa, referências e tecnologia que permitem aos designers e calçadistas composições versáteis, com conforto e estilo.
Na gama de tons queimados prevalecem os terrosos, desde os alaranjados até o marrom bem escuro. Os rosados ganham tonalidades mais escurecidas e os lilases vão dos levemente acinzentados até o roxo mais fechado. E o novo branco se confirma nessa nova temporada, agora ressurgindo com sobre tons ora amarelados ora acinzentados. “A cor jasmim, lançamento da Cipatex, exemplifica esta nova tonalidade, uma cor clara que remete à gama dos naturais”, realça Tatiana.
Vem com muita força os laminados de estampa animal, como o turtle, python, croco, lezard e onça, que aparecem monocolor ou multicoloridas. Essa estamparia ganha conexões – mistura de zebra com onça com fundo metalizado e versão colorida e textura de cobra com estampa de crocodilo.
Entre os laminados clássicos, há os vernizes (atenção para o perolado), nobucados e metalizados, agora também rose e bronze. Há ainda as bases com visual de matelassê em palha e de couro.