Cinema: Todos Já Sabem

1298

Com Javier Bardem, Ricardo Darín e Penélope Cruz, Todos Já Sabem é um filme de suspense psicológico, com produção franco-espanhola e italiana. Escrito e dirigido pelo iraniano Asghar Farhadi, chega às telas brasileiras nesta quinta dia 21, depois de bem recebido no Festival de Cinema de Cannes.

A presença do ator argentino Ricardo Darín, ainda que no finalzinho, e de Penélope Cruz contracenando com o marido (Javier Bardem), recomenda o filme. Acresce também a curiosidade de se estar diante de mais uma obra do diretor Asghar Farhadi, notabilizado pelo drama A Separação (Oscar de Melhor Filme estrangeiro 2012).

Em Todos Já Sabem, esse elenco espetacular vive uma crônica familiar, a princípio luminosa e festiva. Mas a história vira drama à medida que se desenrola o suspense em torno das aflições do sequestro de uma jovem, filha do casal vivido por Penélope e Darín, em plena festa de um casamento típico de aldeia espanhola.

Um quarteto amoroso se estabelece diante da plateia e as suspeitas da autoria do crime criam um vai-e-vem interessante à medida que desnuda vários aspectos de uma família burguesa: os segredos, a falsa moral burguesa, as rivalidades, a inveja, a religiosidade superficial…

Tem espectador que sairá do cinema decepcionado por não ter achado pistas da autoria do sequestro, outros sentirão anticlímax diante do desfecho. Não se intimide – nem todos sabem de tudo.