Chocante e inaceitável

336

Ontem, na cidade de Suzano, na grande São Paulo, ocorreu um dos fatos recentes mais chocantes e inaceitáveis da sociedade brasileira. Lá, dois jovens armados e encapuzados, um de 17 anos e outro de 25, chegaram à escola Raul Brasil por volta das 9h30 da manhã, durante o intervalo de aulas, e atiraram contra funcionários e estudantes. Os assassinos mataram oito pessoas, sendo cinco alunos, duas funcionárias e o dono de uma locadora de carros próxima ao local. Outras dez pessoas ficaram feridas. Com a chegada dos policiais na escola, os atiradores se mataram.

Diante dos fatos, é possível afirmar que a diminuição dos altos índices de violência está certamente entre os principais desafios do Brasil. As mortes que ocorrem em situações de criminalidade fazem parte, direta ou indiretamente, do dia a dia de milhões de pessoas. Viver num país com índices altos de violência é extremamente desafiador. Ninguém está livre. A qualquer momento pode-se ser vítima. É preciso que os governos se unam para buscar uma saída, protegendo a sociedade e levando-a a encontrar alternativas para ficar longe da criminalidade. Todos precisam se engajar no processo de pacificar o país, dizendo NÃO à violência!