A Bovespa opera com volatilidade nesta segunda-feira (21/9). Às 11h30, o Ibovespa tem queda de 0,19% aos 47.233,67 pontos, influenciado pelo noticiário político e econômico negativo: o IBC-Br confirmou o quadro de retração da economia; no mercado de câmbio, o dólar à vista sobe fortemente, mesmo com os leilões de linha programados pelo Banco Central.

No grupo das blue chips, as principais caem. Vale, Petrobras, Itaú Unibanco, Bradesco recuavam quando as bolsas na Europa mantinham-se em alta.

Na sexta-feira (18/9) o Ibovespa fechou em queda de 2,65%, aos 47.264 pontos , o maior recuo desde a perda de 3,03% de 24 de agosto.

Bolsas de Nova York abrem em alta

O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wal Street, abriu nesta segunda-feira (21/9) em alta de 0,65%, enquanto o seletivo S&P 500 ganhava 0,53% e o índice composto do mercado Nasdaq 0,55%.

Na sexta-feira, o Dow Jones fechou em baixa de  1,74%, aos 16.384,79 pontos, o S&P 500 recuou 1,61%, aos 1.958,08 pontos, e o Nasdaq caiu 1,36%, aos 4.827,23 pontos.