O modelo de microbolsa estilo colar (necklake-bag), que caiu no agrado neste verão, pode ser uma opção para desfilar nos blocos de carnaval. De tamanho mini, ela pode ser pendurada no pescoço e, dentro dela cabe, só o básico. Dessa maneira, as foliãs podem levantar os braços e abrir alas, com conforto e elegância.

A maioria das marcas de bolsas lançou seu modelo. Mas há um caso especial, a Coleção-Cápsula #donadesi – pode ser encontrada em loja virtual e é uma parceria da marca Donna Lu com o Instituto Dona de Si, presidido pela atriz Suzana Pires.

Parte do percentual de lucro da venda dessa coleção vai contribuir com os projetos da instituição que estimula, por meio de projetos regionais, o aumento do número de mulheres em cargos e carreiras nas quais são minoria, como tecnologia, narrativas (roteiristas e diretoras) e mercado financeiro.

 Desenvolvidas em parceria com a atriz e autora Suzana Pires, que trilhou sua trajetória artística na Globo exercendo variadas funções (roteiro, produção, direção e atuação), as bolsas-colares podem ser encontradas (em butiques multimarcas e pelo www.donnalu.com.br) em cores variadas – vermelha, azul, amarela, verde, bordô e pink.

Além das microbolsas, a parceria entre Donna Lu e Dona de Si compreende também bolsas, pochetes, carteiras e clutches de formas variadas.

Do grupo MCM Artefatos de Couro, a Donna Lu surgiu em 2005 inspirada em Luiza, filha da idealizadora Tita Mallmann, e visa uma mulher eclética, urbana, determinada, independente e ama o que faz. A empresa tem um quadro de funcionários composto 90% por mulheres. E a produção evita o desperdício – os retalhos se transformam em chaveiros, barbicachos para serem vendidos e revertidos para instituições que necessitam de apoio financeiro.

COMPARTILHAR
AnteriorQuestão de ordem
PróximoVeja Verger no MON