Bia Maia vence Sloane Stephens

790
A maior vitória na carreira até aqui havia sido contra a australiana Samantha Stosur, então 19a. do mundo

A tenista  Bia Haddad Maia conquistou na quarta-feira sua maior vitória da carreira ao bater pela primeira vez uma adversária entre as dez melhores do mundo.

A tenista número 1 do Brasil e 172o. do mundo derrubou a norte-americana Sloane Stephens, 4a. melhor do mundo, por duplo 6/3, após 1h23min de partida válida pelas oitavas de final do WTA de Acapulco.

Mas não foi só isso. Bia pôs fim a um jejum de grandes vitórias do tênis feminino brasileiro. A última vez que uma jogadora nacional superou uma top 5 foi em maio de 1989, quando Andrea Vieira derrotou a tcheca Helena Sukova, então número 5. No mesmo ano, em julho, Dadá também derrotou uma top 10, a espanhola Conchita Martinez, então décima colocada do ranking.

A maior vitória de Bia na carreira até aqui havia sido contra a australiana Samantha Stosur, então 19a. do mundo, em maio de 2017. Antes de Stephens, a brasileira havia batido a trave contra outras seis top 10: Jelena Ostapenko (duas vezes), Karolina Pliskova, Garbiñe Muruguza, Simona Halep e Angelique Kerber.

Bia encara nas quartas de final a chinesa Yafan Wang, 65o. do mundo, que avançou às quartas após a porto-riquenha Monica Puig, 58o, desistir da partida ainda no primeiro set quando o placar anotava 4/1 para a chinesa.