A situação é cada vez mais periclitante. Os Estados têm a necessidade urgente da reforma previdenciária em todos os níveis de governo. Como um grande sumidouro, os gastos com pessoal e Previdência engolem a cada ano uma parcela maior da receita dos governos estaduais, tornando mais difícil a prestação de serviços e aumentando o risco de insolvência.

A solução mais simples, mais veloz e mais eficiente será a inclusão de Estados e municípios na reforma já em discussão no Congresso. O caminho mais prático, nesta altura, deve ser mesmo o encaminhamento, a partir do Senado, de uma proposta paralela de emenda constitucional, mas para isso os governadores ainda relutantes terão de abandonar seu comodismo político.

A piora da situação financeira de Estados e Municípios foi confirmada para todo o País com a publicação, pelo Tesouro Nacional, do Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais. O quadro das notas poderá piorar em 2020. Seis Estados – Acre, Pará, Paraíba, Piauí, Paraná e São Paulo – estão perto de romper o limite de 95% na relação entre despesa corrente e receita corrente líquida e poderão passar à categoria C em 2020. Além disso, 14 Estados já gastam com pessoal mais que 60% da receita corrente líquida, teto fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Richa pode ser expulso

Filho do ex-governador Beto Richa (PSDB), Marcello Richa (PSDB) recebeu há três meses uma mensagem para que o pai dele se afastasse do partido, mas parece que o comunicado morreu na casca. O tucano permanece quieto, como se nada tivesse acontecido. Com a pressão do diretório nacional aumentando, o presidente Paulo Litro (PSDB) pode instalar uma Comissão para expulsar Richa, mesmo se sentindo incomodado com a situação.

Tentativa de fuga

Agentes penitenciários da Casa de Custódia de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, evitaram uma fuga de quatro detentos, que foram flagrados quando saíam de dentro de um cubículo após serrarem as barras de ferro da ventana. O buraco pelo qual os presos passaram tinha 20 x 30 cm.

Na lona

Cerca de 45 milhões pessoas não têm ou não usam conta em banco há mais de seis meses. Pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva revela a existência no Brasil de 45 milhões de desbancarizados, ou seja, brasileiros que não movimentam a conta bancária há mais de seis meses ou que optaram por não ter conta em banco. Isso significa que de cada três brasileiros, um não possui conta bancária. De acordo com a sondagem, esse grupo movimenta anualmente no país mais de R$ 800 bilhões.

 ‘Rei do bitcoin’

Claudio Oliveira, dono do Grupo Bitcoin Banco (GBB), sonhava ter a maior plataforma de negociação de criptoativos do mundo e a própria moeda, a Br2Ex, mas na sexta-feira, na sua residência em Curitiba, viu não só os planos quase irem embora, como também os estimados sapatos Louboutin seus e da esposa, Lucinara Oliveira. O dono do GBB foi alvo de ação de sequestro de bens, que alcançou sua casa e sua chácara, devido a uma decisão obtida no judiciário pelo advogado Gustavo Bonini Guedes, em busca de obras de arte, quadros, relógios e joias.

Site do PSDB é hackeado

O site oficial do PSDB está fora do ar desde a noite deste domingo 18, quando um hacker invadiu a página e trocou a capa por uma uma foto dos petistas Lula e Dilma. Abaixo da imagem, o invasor publicou a frase: “O tempo passa, os dias ficam mais chatos e algumas pessoas mais ignorantes”.  or meio do Twitter, o partido confirmou a invasão e disse que: “o hacker colocou uma foto de Dilma e Lula, os responsáveis pelos 13 milhões de desempregados no país”.

Desempregados crônicos

Não há muito o que comemorar no conjunto de dados sobre o desemprego divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Enquanto mostram um recuo de 0,7 ponto porcentual na taxa de desocupação entre o primeiro e o segundo trimestre do ano e de 0,4 ponto em relação ao segundo trimestre do ano passado, fechando em 12%, as estatísticas do segundo trimestre indicam que o desemprego e o subemprego estão se transformando em condição permanente para uma parcela cada vez maior da população.

Imperdível.

No dia 22 de agosto, às 19h, o Museu Paranaense recebe a mostra fotográfica “Aproximações – ucranianos e poloneses nas fronteiras agrícolas do Paraná”, de João Urban. A exposição reúne imagens feitas pelo fotógrafo dos descendentes de imigrantes poloneses no Paraná – em Cruz Machado, Araucária (Colônia Tomás Coelho) e São José dos Pinhais (Colônia Murici) – e dos descendentes de imigrantes ucranianos nas cidades de Irati, Mallet, Prudentópolis, Antônio Olinto e seus arredores entre 1979 e 2016. A entrada é gratuita.

Raízes

A exposição é uma homenagem do fotógrafo às suas raízes. Descendente de poloneses nascido em Curitiba (1943), Urban passou a infância e juventude no Campo da Galícia, atual bairro Mercês, quase região central da capital paranaense. O nome fazia referência à Galícia Oriental, importante região sob domínio do Império Austro-Húngaro, de onde vieram muitos imigrantes poloneses e ucranianos.

Itaipu bate recorde

Depois de bater em julho os recordes de produtividade e eficiência mensal, nos seus 35 anos de operação, a usina de Itaipu ultrapassou no sábado, 17, a marca dos 50 milhões de megawatts-hora (MWh). Nenhuma outra fonte de energia no Brasil, dentre as mais de três mil plantas existentes, segundo o site da Agência Nacional de Eletricidade -Aneel, atingirá esse volume no ano.

Significativo

Os 50 milhões de MWh são bastante significativos, já que o cenário hídrico nacional não está nada favorável para a produção de energia. O inverno costuma ser um período seco nas regiões Sul e Sudeste do Brasil e as chuvas ocasionais, que sempre ocorrem junto com as frentes frias, têm sido fracas. Com isso, o armazenamento de água para geração de energia também está abaixo da média, o que levou a Aneel a acionar a bandeira vermelha, em agosto (era amarela, em julho).

Golpe financeiro

Quase metade (46%) dos internautas do país foi vítima de algum tipo de golpe financeiro nos últimos 12 meses, o que equivale a um universo aproximado de 12 milhões de pessoas. É o que estima uma pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), segundo a qual os prejuízos gerados por esses crimes contra consumidores chegaram a R$ 1,8 bilhão.

Explicações

O deputado estadual Soldado Fruet (PROS) vai apresentar na segunda-feira (19), na Assembleia Legislativa, um requerimento solicitando ao comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Péricles Matos, explicações sobre os procedimentos que serão adotados pela corporação em relação às graves denúncias contra o coronel Gustavo Alfonso Rocha, além de requerer informações sobre o histórico disciplinar do militar. O comandante do 19° Batalhão da Polícia Militar, em Toledo, foi afastado do cargo na última sexta-feira (16) após o site CGN revelar três indícios de condutas irregulares por parte do oficial.

Francischini candidato

O deputado estadual Fernando Francischini (PSL) oficializou neste sábado (17 de agosto) sua pré-cancidatura à corrida pela Prefeitura de Curitiba, nas eleições de 2020. Ex-deputado federal e deputado estadual mais votado no estado, o político bolsonarista aproveitou um evento nacional de filiação ao PSL para fazer o anúncio.

No PTB

O ex-senador Delcídio Amaral mostra que na política o mundo também dá voltas. Líder do governo Dilma Rousseff que acabaria preso, ele assinou ficha de filiação ao PTB. Delcídio virou personagem nacional na presidência da CPI dos Correios, que investigou o mensalão criado pelo o governo Lula para subornar políticos. Entre os investigados pela CPI estava o deputado Roberto Jefferson… atual presidente do PTB.

Enriquecimento ilícito

O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito para apurar suspeita de enriquecimento ilícito do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, entre 2012 e 2017, período em que ele alternou a atividade de advogado com cargos no governo paulista. A Promotoria já pediu a quebra de sigilo bancário e fiscal de Salles, mas a medida foi negada duas vezes pela Justiça estadual neste mês. As informações são do Estadão.

Investigação

A investigação teve início em julho a partir de representação feita por uma empresa chamada Sppatrim Administração e Participações, que levantou suspeita sobre a evolução patrimonial de Salles com base nas declarações de bens que ele mesmo prestou à Justiça Eleitoral.

Pedido de Lula

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, marcou para o próximo dia 27 de agosto, na 2ª Turma da Corte, o julgamento de uma reclamação apresentada pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ter acesso ao acordo de leniência firmado pela Odebrecht com o Ministério Público Federal e às provas dos sistemas Drousys e MyWebDay, usado respectivamente para comunicação e para organizar o pagamento de propinas da empresa.  A medida já havia sido determinada pelo próprio ministro, relator dos processos da Lava Jato no STF, mas o juízo de primeira instância, em Curitiba, entendeu no final do mês passado que os advogados do petista já tiveram acesso às informações necessárias.

Lavando a alma

“Eu, como ator pornô, dei mais certo que ele no Exército” – é o deputado federal Alexandre Frota, expulso do PSL por ordem de Bolsonaro, em suas muitas considerações sobre o Chefe do Governo que chegou a dizer sobre o parlamentar “Sei nem quem é esse”. Frota lembrou que Bolsonaro foi expulso do Exército. Nas últimas horas, chamou o presidente de “infantil, não preparado para o cargo, inseguro, medroso, caricato”, encerrando com uma frase: “Bolsonaro não é burro, mas um idiota ingrato que nada sabe “. De quebra postou vídeos dele no hospital quando Bolsonaro foi vítima de um atentado e outro, insinuando que ele poderia ser ministro da Cultura.

Olho nas estradas

Nada menos do que 83 mil pessoas morreram, no ano passado, em desastres nas rodovias brasileira e quase sempre por problemas de alta velocidade. A retirada de radares das rodovias federais é defendida há tempos por Bolsonaro. É um aceno irresponsável à categoria dos caminhoneiros que o apoiou nas eleições. O Brasil tem uma elevada taxa de mortes nas estradas por excesso de velocidade. Os radares ajudavam a reduzir esse número que, agora, podem voltar a crescer.

Guerra das maquininhas

O grupo Globo acaba de desembarcar na guerra das maquininhas. Juntamente com a fintech brasileira Stone anunciam parceria para o segmento. No acordo, o grupo Globo terá 33% de participação e o restante (67%) é da Stone. A intenção é desenvolver soluções especificais voltadas basicamente para microempreendedores e profissionais autônomos.

Nove fora

A divisão brasileira dos canais ESPN está reformulando seu quadro de funcionários. E como não poderia ser diferente, uma corrente de demissões. Entre muitos demitidos, nove nomes importantes do canal: João Palomino, vice-presidente, Arnaldo Ribeiro, chefe de redação e comentarista, Eduardo Tironi, editor-executivo e comentarista, Renata Netto, gerente de produção, os jornalistas Cláudio Arreguy, Maurício Bastos e Rafael Oliveira, o apresentador do ‘Bola da Vez’, João Carlos Albuquerque e Juca Kfouri, que comandava o Juca Entrevista. No entanto, Kfouri não ficará desempregado porque paralelamente, ele comandava na TVT o programa Entre Vistas. A TV dos Trabalhadores é concessionada, em Mogi das Cruzes, porém sediada em São Bernardo do Campo e é afiliada à TV Brasil.

 

Mestre

Luciano Huck, apresentador de programa de televisão, agora envolvendo ao que chama de “movimentos cívicos”, conta que Paulo Hartung, ex-governador do Espirito Santo, é seu Mestre Miyagi, o velho sábio japonês que orienta o jovem lutador no filme Karatê Kid. Mais: nesses dias, contou que Paulo Guedes o procurou no ano anterior à eleição (queria que ele fosse candidato ao Planalto), antes de apoiar Bolsonaro e avisou que “o país enfrentaria um tsunami”.

Listão

Na semana passada, o ministro Bruno Dantas, do TCU, pediu à Receita Federal que investigasse uma lista de nomes dos Três Poderes se estavam debaixo de ações dos auditores. A Receita informou que só poderia averiguar caso contasse com o CPF de cada um. E Bruno mandou um listão de CPFs de figuras do STF, STJ, tribunais regionais, Câmara, Senado e do próprio TCU. E está aguardando.

 

Desnorteado

Jair Bolsonaro insiste em atacar Alberto Fernandes, candidato favorito à presidência da Argentina, que tem Cristina Kirchner de vice. Um diplomata sério tentaria impedi-lo dessa posição. Se Fernandez vencer, inevitavelmente, Bolsonaro terá de trabalhar com ele por ser membro do Mercosul em momento de finalização do acordo com a União Europeia. Para Macri, é ruim Bolsonaro defender torturadores e regimes militares. A ditadura militar na Argentina matou entre 15 mil e 30 mil pessoas – e os comandantes militares foram julgados e presos por seus crimes.

 

Um pedido

O presidente Argentina, Mauricio Macri, que tenta sua reeleição ao cargo, mas que perdeu nas prévias para Alberto Fernandes, que tem Cristina Kirchner na vice, fez um pedido especial ao presidente Jair Bolsonaro. Macri pede ao chefe do governo que ele pare de apoiá-lo publicamente.

 

Outras mudanças

Novas mudanças deverão acontecer nos órgãos reguladores de seguros e previdência brasileira. A equipe econômica avisa que além da mudança do Coaf – Conselho de Controlador de Atividades Financeiros para o Banco Central, que deverá ser feita por medida provisória, existem estudos para outros órgãos. Um deles seria a fusão da Previc – Superintendência Nacional de Previdência Complementar com a Susep – Superintendência de Seguros Privados que deverá passar pela análise dos parlamentares.

 

Outro

Outro equivoco cometido por Bolsonaro em eleições estrangeiras: em Israel, quando visitou o país às vésperas da votação, serviu quase de cabo eleitoral para Benjamin Netanyahu, acusado de corrupção. A oposição avisou que, se chegasse ao poder, queria distância do Brasil. Ninguém conseguiu formar um governo e haverá novas eleições. Benjamin pode perder e até ser preso – e as relações do Brasil com Israel naufragariam.

 

Debaixo do tapete

O Brasil tem quase 60% de seu território coberto por florestas e toda essa área preservada, de 4,9 milhões de quilômetros quadrados, é maior que a soma de 28 países da União Europeia. São dados do próprio INPE que mostram que 94% do estado do Amazonas está preservado. Especialistas, contudo, acham que toda essa discussão sobre desmatamento esconde mais sérios problemas ambientais: falta de coleta e tratamento de esgoto. Só 48,6% da população tem coleta e apenas 40% são tratadas.

 

Assessor

José Luiz Datena Junior, filho do apresentador José Luiz Datena, acaba de ganhar um cargo de assessor no gabinete de Jorge Kajuru no Senado. Kajuru e Datena (pai) são velhos amigos. O apresentador vem tendo seu nome cotado (de novo) para prefeitura de São Paulo, no ano que vem.

 

Ciumeira, não

Luciano Bivar, presidente do PSL, queria que Bolsonaro gravasse um vídeo convidando pessoas de todo país a se filiarem ao partido. O presidente pulou fora; poderia causar “ciumeira” (a expressão é dele) em outros partidos que estão apoiando as reformas do governo.

 

Um desserviço

Marina Silva, candidata derrotada da Rede ao Planalto e ex-ministra do Meio Ambiente volta a atacar o governo Bolsonaro. Só que agora estende o ataque ao atual ministro do Meio Ambiente avisando que ambos estão prestando um desserviço ao país. “Ou o governo repensa sua postura retrógrada, ou as retaliações só tendem a aumentar”.

 

Sonho

Para quem tem memória curta: em sua visita a Argentina em junho, Bolsonaro revelou um sonho e com muito entusiasmo. O Chefe do Governo brasileiro sonhara com a criação de uma moeda única entre os dois países, que seria batizada como peso real. Mesmo que Mauricio Macri chegue a vencer, esse nunca será realizado.

 

Recado

O presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar que quem tem o poder é ele, pela posição que ocupa. Tudo isso porque ficou sabendo que houve uma troca de quem assumiria a chefia da Polícia Federal no Rio de Janeiro. O que estava acertado é que o chefe da PF do Amazonas, Alexandre Silva Saraiva ocuparia o cargo. Só que PF do Rio informou que quem assumiria a colocação seria Carlos Henrique Oliveira Sousa, superintendente da corporação de Pernambuco. “O que eu fiquei sabendo… Se ele resolver mudar, vai ter que falar comigo. Quem manda sou eu… deixar bem claro. Está pré-acertado que seria lá o de Manaus”.

 

Sem cascata

Os juízes trabalhistas não estão satisfeitos com o orçamento do STF que prevê despesas de R$ 686,7 milhões para 2020. Motivo: não há reajuste para ministros, o que geraria efeito cascata para aumentar o salário de toda a magistratura. No ano passado, o salário dos ministros aumentou 16%, indo a R$ 39,2 mil. Um juiz do Trabalho substituto, menor grau da carreira, ganha por mês R$ 32 mil.

 

Ordem dele

O secretário da Receita, Marcos Cintra, já avisou o chefe da Receita Federal no Rio, Mário Dehon, que ele será exonerado por ordem de Bolsonaro. A demissão teria sido ordenada porque Dehon não quis nomear delegados estaduais indicados pelo clã Bolsonaro.

 

Doador interessado

Ainda o Fundo Amazônia, que foi criado durante o governo Lula para captação de recursos a serem usados no combate ao desmatamento: o principal doador, com 93,8% dos dólares, é a Noruega. A mesma Noruega cujo governo é sócio majoritário da Mineradora Hydro, que atua na região amazônica e que responde a mais de dois mil processos por crimes ambientais, entre eles vazamento de lama tóxica no Pará. E ainda deve mais de R$ 14 milhões de multas ao governo.

 

Militante

Veterana militante do PCdoB, Delaíde Arantes, ministra do TST, passou por cima de seu papel institucional e se recusou a participar da cerimônia em que autoridades como o presidente Bolsonaro, o primeiro a chegar, receberiam a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho.

 

Um livro

A modelo russa Irina Shayk, que até estaria com novo namorado, permaneceu calada em relação a sua separação do ator Bradley Cooper. Só que ela estaria escrevendo um livro para contar o verdadeiro motivo de sua separação. Há quem garanta que foram motivos fortes para impulsionar a ideia de livro, porque quando se separou de Cristiano Ronaldo, isso nunca lhe passou pela cabeça.

 

Nova apresentadora

O programa Música Boa ao vivo exibido no canal fechado Multishow, terá nova apresentadora na temporada do ano que vem. Atualmente comandado por Iza a atração será conduzida por Ivete Sangalo, que atualmente é sua colega no The Voice Brasil. A baiana será o quarto nome a comandar o programa que, além de Iza, teve Anitta e Thiaguinho. Vale lembrar que Ivete já comandou o Superbonita no GNT.

 

Lá fora

Mais desmatamento: dados oficiais indicam que a Noruega só tem mata em 32% de seu território, sendo que metade foi plantada para exploração industrial. Restam à Alemanha menos de um terço de seu território ainda desmatados. Lá restam apenas 2,5% da famosa Floresta Negra.

 

“Devoluções”

A Inveoar agrada apenas pelo “decreto das devoluções”, que ditará as regras de relicitação de concessões, para abrir tratativas com o Ministério da Infraestrutura e entregar a licença da BR-040. São quase mil quilômetros de prejuízos, dívidas e investimentos não honrados.

 

Vende-se

A gestora norte-americana Apollo Management estaria em negociações para a compra da Uniasselvi, controladora pelo Carlyle e pela Vinci Partners. A rede de universidade estaria avaliada em cerca de R$ 1,6 bilhão.

 

Aviso

O Centrão já tratou de avisar o pessoal do Planalto que até aceita veto de Bolsonaro na Lei de Abuso de Autoridade que considera crime o uso de algemas em presos que não apresentam resistência. Mas é só isso: quaisquer outros vetos serão derrubados no plenário.

Frases

 “Tudo o que está acontecendo hoje no Brasil tem o dedo dos Estados Unidos que manda mais no Sérgio Moro do que a mulher dele.”

Lula