O Athletico Paranaense venceu o Atlético-MG por 1 a 0 na noite de sábado (17), pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada, em Curitiba. Marcelo Cirino aproveitou falha de Cleiton para marcar o único gol da partida.
O Athletico fica com 22 pontos conquistados no torneio nacional. Os comandados de Tiago Nunes têm uma partida a menos por conta da viagem ao Japão para a disputa da J.League YBC Levain Cup/ Conmebol Sudamericana (a antiga Copa Suruga). O Atlético Mineiro segue em quatro, com 27 pontos.
Mesmo substituído, Marcelo Cirino foi o principal nome da partida disputada na Arena da Baixada. O atacante marcou o único gol do jogo desta noite. Ele aproveitou sobra na entrada da área e finalizou firme para estufar a rede de Cleiton. O goleiro do Atlético ainda falhou no lance e permitiu que a bola entrasse com facilidade.
Rafael Papagaio teve a primeira oportunidade entre os titulares do Atlético-MG desde a troca de Levir Culpi por Rodrigo Santana. A sua participação, no entanto, não foi tão boa. Ele cometeu erros importantes, um deles ocorreu instantes antes do gol marcado por Marcelo Cirino. O atacante foi um dos piores nomes do visitante em campo.
Vinícius voltou a atuar como titular do Atlético na noite de hoje. O meia-atacante esteve ao lado de Juan Cazares no setor de criação durante a partida disputada em sua cidade natal. No entanto, não foi tão bem quanto se esperava dele. Mesmo com a atuação regular, o camisa 29 criou algumas chances para a equipe comandada por Rodrigo Santana. O problema foi o excesso de erros dos homens de frente. Mais cansado na etapa final, ele foi substituído por Geuvânio.
O Atlético apostou em lances de contra-ataque para levar perigo ao gol do mandante. Com menos posse de bola, a equipe comandada por Rodrigo Santana chegou a criar boas chances de marcar. No entanto, perdeu todas as principais oportunidades -a maior delas em uma finalização de Rafael Papagaio. O atacante mandou para fora instantes antes da bola na rede de Marcelo Cirino.
Com mais posse de bola no jogo ocorrido na Arena da Baixada, o Athletico Paranaense foi melhor -principalmente no primeiro tempo do confronto. Na ocasião, a equipe finalizou cinco vezes contra o gol adversário e teve duas chances reais de gol. No entanto, só estufou a meta em uma delas, com Marcelo Cirino.
A Arena da Baixada sofreu um apagão aos 18 minutos do primeiro tempo. Na ocasião, alguns refletores desligaram e o jogo ficou parado por quase dez minutos. Neste período, os jogadores fizeram trabalho de aquecimento dentro do gramado. O visitante, Atlético-MG, era ligeiramente superior antes do problema.