A Confidence Câmbio fecha o ano com um aumento de 12% nas vendas dos cartões pré-pagos, que considera mais seguros do que a moeda em espécie e mais econômicos do que os cartões de crédito. A empresa lista cinco vantagens dos pré-pagos:

1. Impostos menores – O portador paga 6% a menos na taxa do Imposto sobre Operações Financeira (IOF) – nos cartões de crédito, a taxa é de 6,38%. Não tem anuidade nem juros para saques internacionais, ao contrário dos cartões comuns. Os cartões pré-pagos não sofrem com variação cambial, ao contrário dos cartões de crédito comuns, que fecham o câmbio apenas na data de vencimento da fatura.

2. Segurança – Outra vantagem é a segurança e comodidade para o viajante, que não precisa andar nas ruas com grande quantidade em espécie. Se perder o cartão, cancela e não é prejudicado financeiramente com isso.

3. Saques no exterior – O cartão pré-pago funciona para saques e compras no exterior, o que nem sempre é possível no cartão de crédito. Os saques são realizados em moeda local e podem ser feitos em qualquer terminal que aceite a bandeira do cartão escolhido pelo turista.

4. Recarregável – Diferente do cartão de crédito, o pré-pago não tem limite. O usuário pode recarregar o valor que quiser e quantas vezes forem necessárias, até mesmo durante a viagem. As recargas podem ser feitas pela internet, por transferência ou débito online.

5. Controle dos gastos – Outra facilidade do uso do cartão em comparação com o cartão de crédito tradicional é o controle dos gastos. O turista tem acesso à movimentação completa de cada cartão pré-pago que emitir, evitando surpresas com a fatura no fim da viagem.