Arte, design, sustentabilidade e criação coletiva: as peças produzidas no projeto pioneiro Obra & Arte, do Instituto A.Yoshii com o coletivo ÔDA, devem ganhar exposição em novembro

Uma diretriz da sociedade contemporânea necessária, estética, e também poética na medida em que criação e consumo se encontram em pleno estado da arte, está na tríade RE – reduza, reuse, recicle. A beleza ressignificada com arte a partir do resíduo gerado pela construção civil é uma proposta que norteia o projeto-piloto Obra & Arte. Iniciativa pioneira desenvolvida em Curitiba pelo Instituto A.Yoshii, braço de Responsabilidade Social do Grupo A.Yoshii, em colaboração com o coletivo ÔDA, formado por profissionais de design, arquitetura e artes da capital paranaense e de São Paulo, mostra como esta premissa pode ser aplicada com funcionalidade e originalidade, envolvendo vários agentes transformadores.

Roniy da Silva Santos, Nelson de Oliveira e Elissandro Rodrigues Saraiva, da A.Yoshii, mostram as primeiras peças produzidas dentro do Projeto, que utiliza materiais de descarte na criação de objetos de arte e design

Neste projeto, materiais que seriam descartados se transformam em mobiliário e peças decorativas. “Tudo é pensado coletivamente. O projeto Obra & Arte vem sendo construído em conjunto com o grupo de designers, arquitetos e o Instituto. Já no planejamento contempla um de seus objetivos, que é a construção coletiva”, destaca a coordenadora do projeto, Ticiana Martinez.

CONSTRUÇÃO COLETIVA

O Projeto Obra & Arte envolve 12 funcionários voluntários da A.Yoshii e o coletivo ÔDA em um trabalho de criação coletiva com reuso e ressignificação dos insumos usados na construção civil

As primeiras atividades do projeto Obra & Arte tiveram início em novembro de 2018. Para ampliar o eco do reuso e da sustentabilidade, o Instituto convidou colaboradores das obras da unidade de Curitiba da A.Yoshii, interessados em participar. O núcleo, formado por 12 operários voluntários, entre carpinteiro, pintor, pedreiro, ajudante de pedreiro e armador, equipe de designers e arquitetos, trabalha coletivamente desde junho.

Novos olhares sobre o design, a arte e a responsabilidade socioambiental surgem a partir da proposta do inovador projeto da A.Yoshii em colaboração com o coletivo ÔDA

“Criar e fazer arte transforma a vida das pessoas. É fabuloso poder envolver nossos colaboradores tanto no aspecto cultural quanto emocional, de apurar o olhar para os insumos que eles usam diariamente no trabalho e que agora estão se transformando em objetos de arte e design”, assinala a presidente do Instituto A.Yoshii, Simoni Bianchi.

 As peças produzidas são pendentes, luminárias, mesa de centro e poltrona. Além daquelas feitas pelos voluntários, o coletivo ÔDA – formado por Ticiana Martinez, curadora de design e coordenadora do projeto, pelos designers Aline Volpato e Alberth Diego, pela arquiteta e produtora cultural Consuelo Cornelsen, pelo artista plástico Eduardo Bragança e pelo designer paulista Leo Capote, especialmente convidado para participar do projeto – fará a prototipagem e a produção de outras dez peças exclusivas, criadas a partir do olhar sobre o reuso e a ressignificação.

 “A comunicação e o investimento em pessoas é uma prática constante. Somos referência em qualidade há mais de 50 anos porque acreditamos e investimos em nosso time. O projeto Obra & Arte vem reforçar este nosso compromisso por uma equipe mais feliz e integrada”, afirma o presidente do Grupo A.Yoshii, Leonardo Yoshii.

 As peças, tanto do grupo de voluntários quanto do coletivo, devem ser apresentadas em uma mostra especial, a ser marcada no mês de novembro em Curitiba.