Foto: Divulgação/SEET

Apucarana será sede pela sexta vez sede de uma fase final dos Jogos Escolares do Paraná (JEPS). Neste ano, será a competição para alunos-atletas da categoria 12 a 14 anos, entre 12 e 20 de julho. A cidade tem recebido desde 2015 ao menos uma das etapas finais da competição. Para esta estão confirmados 747 estabelecimentos de ensino de 270 municípios, somando 5.279 participantes, entre atletas e dirigentes.
Na sessão preliminar, com a participação de dirigentes esportivos dos 32 Núcleos Regionais de Educação, foi comunicada pelo prefeito de Apucarana, Junior da Femac, a presença, na cerimônia de abertura, da campeã olímpica no salto em distância em Pequim 2008, Maurren Maggi. Na ocasião, também foi homologada a cidade de Guarapuava como próxima sede da fase final dos JEPS, na categoria 12 a 14 anos, em 2020.
A abertura da etapa em Apucarana acontece na sexta-feira (12), no Ginásio de Esportes Lagoão, e terá como atração também o show do grupo Ginasloucos. As disputas começam no dia seguinte em 14 modalidades: atletismo, badminton, basquetebol, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia, xadrez e bocha adaptada. Diversas modalidades contemplam o paradesporto. Luta olímpica e skate ocorrerão em Foz do Iguaçu, juntamente com a categoria 15 a 17 anos, entre 2 e 10 de agosto.
De acordo com diretor-presidente da Esporte Paraná, Helio Wirbiski, esse é o maior encontro esportivo escolar do país, com mais de 100 mil participantes durante o ano, em todas as fases da 66ª edição dos JEPS. “É um investimento financeiro e um esforço do Governo do Paraná para que nossos jovens tenham todas as condições de mostrar seus talentos e levar para suas vidas a experiência positiva da convivência com o esporte”, destaca.
Os campeões da fase final, no regular, garantem vaga para os Jogos Escolares da Juventude, organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), que desde o ano passado, são disputados em novo formato: três etapas regionais, destinadas a classificar as modalidades coletivas, e uma nacional, reunindo mais de 6 mil atletas dos 26 estados, além do Distrito Federal.