Anarco Batel: almoço executivo de segunda a sexta-feira

Para quem aprecia a comida do Anarco, um dos clássicos do Mercado Municipal de Curitiba (av. Sete de Setembro, 1865), onde também mantém um empório, é bom saber que o restaurante tem uma filial no Batel (r. Bernardino Bormann, 600, esquina da al. Carlos de Carvalho), que atende de domingo a sexta-feira para o almoço e de terça a sexta para o jantar. A noite dos sábados é reservada para eventos. O Anarco ocupa a parte da frente do imóvel onde também está o Buffet Duchamp, tradicional espaço de festas e eventos da cidade.
Ao longo da semana, no Anarco Batel, estão os pratos executivos, com saladas, principal e sobremesa, geralmente um sorvete, com preços a partir de R$ 25 por pessoa. A escolha fica entre filé a permegiana, com arroz ou talharim na manteiga e batata rústica; estrigonofe acompanhado de arroz ou talharim e batata palha; espagueti carbonara, pasta com ovos, cebolinha, bacon, queijo e pimenta do reino; talharim Alfredo, pasta na manteiga com bastante queijo parmesão; tilápia, filé grelhado mais talharim na manteiga com legumes em cubo; e frango Zucchini, filé de frango ao molho mostarda de Dijon, com espagueti de abobrinha com molho Alfred0.
Para quer preferir, há pratos a la carte, entre eles os tradicionais da casa: paleta de cordeiro, ostras gratinadas e mignon ao funghi, além de todos os demais também servidos no Mercado Municipal.
O Anarco foi fundado em 1991 por Ilsa Artusi Agottani, descendente de integrantes da Colônia Socialista Cecilia; o nome remete ao termo grego ‘anarkhos’, que significa ‘sem governantes’, como destaca o site da empresa. Tudo começou no empório, aos sábados, quando amigos se reuniam em torno de uma mesa e um fogareiro, onde cozinhavam principalmente massa e degustavam vinhos.