O Paraná é o primeiro Estado do Brasil a fechar um convênio com a Microsoft com o objetivo de fomentar a educação, qualificação, inovação e empreendedorismo. Foto: RODRIGO FELIX LEAL

O Paraná é o primeiro Estado do Brasil a fechar um convênio com a Microsoft com o objetivo de fomentar a educação, qualificação, inovação e empreendedorismo. O protocolo de intenção foi assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e a presidente da Microsoft Brasil, Tânia Cosentino, nesta quarta-feira (14), em solenidade no Palácio Iguaçu.

O acordo permite o acesso ao software educacional por alunos e professores da rede pública estadual de ensino como ferramenta de aprendizado e capacitação. O acordo tem duração inicial de quatro anos.

Ratinho Junior enfatizou a importância e a prioridade do Governo do Estado à educação. “Com o apoio desta ferramenta, tenho certeza que vamos melhorar o ensino no Paraná, melhorar tudo aquilo que acontece dentro da escola”, afirmou o governador. “Vale ressaltar que a parceria não envolve dinheiro público, será algo doado por uma das maiores empresas do planeta, que confia no Paraná como um modelo de tecnologia”, acrescentou.

Com o acordo, tanto a rede pública de ensino do Paraná quanto a Microsoft se comprometem a colaborar no desenvolvimento de ações para viabilizar softwares desenvolvidos pela empresa aos alunos e professores. Além disso, pretendem promover e desenvolver estudos e projetos entre ambas as partes, permitindo o intercâmbio técnico de profissionais entre a Microsoft e as instituições.

“O Paraná é o primeiro Estado do Brasil a ter esse tipo de parceria, o que aumenta e muito nossa responsabilidade. Vamos produzir ideias e também capturar ideias do Governo para construir coisas novas, acelerar o desenvolvimento, o futuro do Paraná e do Brasil”, destacou Tânia Cosentino, presidente da Microsoft Brasil.

A executiva explicou que o convênio vai dedicar uma atenção especial às escolas menores, de cidades pequenas, com o objetivo de democratizar a tecnologia, estimulando ideias inovadoras e empreendedoras. De acordo com ela, tanto o Governo quanto a empresa buscam, com a parceria, preparar os jovens para o futuro mercado de trabalho. “Estaremos presentes com inteligência artificial para fazer com que as pessoas possam mais, conquistem mais, diminuindo o prejuízo do Brasil com mão de obra despreparada”, ressaltou.

Com o convênio, as instituições de ensino do Paraná terão acesso às plataformas Microsoft com o Office 365 para Educação (nuvem) – como e-mail e calendário (Outlook), conferências online e mensagens instantâneas (Skype) por meio do hub de colaboração Teams, rede social corporativa (Yammer), editor de textos (Word), planilha de cálculo (Excel), apresentação de slides (PowerPoint), bloco de notas (OneNote), armazenamento de arquivos (OneDrive) e colaboração em tempo real (Teams). Também serão disponibilizadas as plataformas para apoio acadêmico e treinamentos, como o OneNote para Professores e o conteúdo hacking Stem.

Além disso, está incluída a oferta de capacitação do corpo docente que, por meio do programa Professores Embaixadores, terá acesso a treinamentos para inserção de tecnologia no processo de aprendizagem por meio de ferramentas cedidas no acordo.

Os profissionais serão beneficiados com um registro no maior portal de colaboração mundial para professores e diretores de escolas, a Comunidade de Educadores Microsoft, que concede acesso a recursos específicos e gratuitos para capacitação de professores e dirigentes de instituições de ensino.