A dificuldade de acesso aos cursos universitários no Brasil é algo que atinge a maior parte da população. São poucas as pessoas que têm condições de pagar um curso numa instituição privada ou bancar um cursinho preparatório para serem aprovadas em uma universidade pública, que geralmente aplicam provas bem mais elaboradas em seus vestibulares. Com tanta dificuldade assim, é fundamental que o governo invista em ferramentas necessárias para melhorar o acesso ao Ensino Superior. Um dos avanços que deve ser destacado e aplaudido é o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior.

Agora, as inscrições estarão abertas a partir de hoje. Pelo Sisu, os estudantes usam a nota do Enem para ingressar em instituições públicas. Nesta edição, são mais de 235,4 mil vagas distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. Logo na inscrição é possível escolher até duas opções de cursos. A lista das vagas pode ser consultada no site do programa. Do dia 28 ao dia 4 de fevereiro, os estudantes que não foram selecionados na chamada regular, em nenhuma das opções, podem manifestar o interesse em participar da lista de espera. Esses alunos serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.