O sistema de monitoramento e fiscalização de barragens da Agência Nacional de Mineração (ANM) emitiu nove alertas de problemas de segurança no ano passado. Em três casos, a intervenção preventiva e a correção da anomalia evitou que as barragens se rompessem, como aconteceu no último dia 25 na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, Minas Gerais. No caso dessa barragem, os dados foram satisfatórios e nenhum alerta foi emitido.
A informação foi confirmada na sexta-feira pelo órgão. De acordo com a ANM, o sistema é alimentado quinzenalmente pelas próprias mineradoras e os dados analisados pelos técnicos da agência.