Com a desculpa de comemorar o aniversário de Curitiba, o prefeito Rafael Waldomiro de Macedo vai transformar um espaço cultural público, destinado a ser memorial de David Carneiro, numa mera lojinha de “souvenires”. Não cabe remédio judicial contra esse atropelo da lei?

Fachada da Casa David Carneiro, aparecendo nos fundos o Hotel Pestana.

Por mais boa vontade que se queira ter com a administração de Rafael Waldomiro Greca de Macedo, há alguns feitos do alcaide que clamam aos céus. Um deles, especialmente porque põe a nu, mais uma vez, o tão decantado intelectual que existiria em Greca de Macedo.

Quem não se lembra de outro atropelo nunca explicado pelo prefeito, do sumiço de móveis da Casa Klemptz?

O imbróglio de agora é este: Rafael vai transformar em loja de “souvenires” do ‘Leve Curitiba’ o espaço que, por força de decisão do poder público, é destinado exclusivamente a divulgação de atos que visem à preservação da vida e obra do historiador paranaense David Carneiro, localizado na Rua Brigadeiro Franco, onde está o Hotel Pestana.

No local viveu o historiador Carneiro, e o Pestana só conseguiu construir seu edifício no local com a garantia de preservar a fachada (o que ocorreu) e destinar um espaço para realização cultural, que existe, mas cuja finalidade está em vias de ser deturpada, por decisão de Rafael Waldomiro, o prefeito.

NÃO É COINCIDÊNCIA

A infração do prefeito Rafael Waldomiro ocorre, e não é por coincidência, a propósito do 29 de Março, para “comemorar o aniversário de Curitiba”.

Professor David Carneiro: marco de nossa História

Celebra-se a cidade com ruptura de um objetivo cultural.

Naquele endereço, viveu um dos mais importantes historiadores do Paraná, David Carneiro. A fachada de sua casa foi mantida, como obrigação assumida pelo hotel; assim como a Fundação Cultural de Curitiba (FCC) deve obrigatoriamente garantir que o espaço cultural cumpra seu papel. E não vire loja de souvenires, “lembrancinhas”,muitas delas de gosto duvidoso.

A propósito, leia-se a carta que grande autoridade em história e cultura paranaenses, professora Cassiana Lícia de Lacerda encaminhou à coluna/blog:

UM ABSURDO

“Aroldo,

Estou indignada.

Desde que o Hotel Pestana adquiriu o terreno para construir uma unidade na Rua Brigadeiro Franco, onde se localizava a residência do historiador David Carneiro, a Prefeitura de Curitiba fez exigências para aprovação do projeto.

Professora Cassiana Lícia de Lacerda: em defesa da memória paranaense

Entre essas exigências, estava a preservação da fachada da residência, inspirada no Ramalhete de Eça de Queiros, e a destinação de um espaço expositivo em memória do historiador e grande paranaense, David Carneiro.

Uma única exposição foi feita no local através da FCC. Por anos o espaço permaneceu fechado.

HORA DE REAGIR

Agora, o alcaide anuncia, entre as inaugurações do aniversário de Curitiba: o espaço, que deveria ser destinado à divulgação da memória de David Carneio, vai ser ocupado por uma lojinha da “Leve Curitiba” É desvirtuar a desrespeitar a Curitiba e sua História.

CONTRA O ABUSIVO

É hora de reagir contra o nosso Fanfarrão Minésio (o abusivo prefeito da obra “Vila Rica” – de Gonzaga e Claudio Manoel da Costa) e seus desmandos festivos. Espero que esse abuso concorra para o fim do sonho da reeleição do nosso fanfarrão. Vamos protestar.

Advogados que amam nossa história: cabe um mandado?

CASSIANA LICIA DE LACERDA”


Cida é membro honorário do Corpo Consular

Cida com o Corpo Consular: honraria

Decisão acertada e inédita, tomada pelo presidente da Sociedade do Corpo Consular do Paraná, indicando a ex-governadora Cida Borghetti para integrar o Corpo Consular do Paraná, na qualidade de membro honorário.

O convite foi feito pelo presidente do Corpo, o cônsul da Albânia e República Dominicana, Thomas Neves em reunião, nesta segunda-feira (18), na Associação Comercial do Paraná (ACP), e aprovado por unanimidade.

“UMA HONRA”

“É uma honra poder auxiliar na articulação com nações estrangeiras e missões para ampliar a participação e a presença do Paraná no mercado internacional”, disse Cida Borghetti, que também é embaixadora da Organização Mundial da Família (OMF).

“Na condição de membro honorária, a ex-governadora Cid Borghetti será convida a participar de todos os eventos do Corpo Consular do Paraná, o que será uma grande honra para nós”, afirmou o presidente do Corpo, cônsul Thomas Neves.

SOBRE O CORPO CONSULAR

Fundado há 68 anos, o Corpo Consular do Paraná reúne 45 diplomatas de carreira e cônsules honorários de nações com representação no Estado e tem como objetivo agregar consulados de países presentes no Estado, promover maior aproximação entre seus membros e ampliar o intercâmbio cultural, econômico, turístico e social.


DESTAQUE:

Rodrigues explica OpusMúltipla no “Lisbon Meeting”

Rodrigo Havro Rodrigues, falando em Portugal

Rodrigo Havro Rodrigues, diretor presidente da OpusMúltipla (empresa do Grupo OM Comunicação & Marketing), participou na dias atrás, em Portugal, do Encontro Internacional de Agências da rede Taan, mais antiga rede de agências independente do mundo, com sede em Boston (EUA).

Rodrigues, que é governador internacional e responsável pelas agências da Ásia, África, Oceania e América Latina, foi convidado pelo presidente da Taan, Peter Gerritsen, para apresentar a relação do Grupo OM com o ensino, a pesquisa e o mundo acadêmico.

INSTITUTO J. D. RODRIGUES

A palestra foi solicitada em virtude do lançamento do Instituto J.D. Rodrigues, além dos programas de treinamento, capacitação e estágio que o Grupo OM vem desenvolvendo nos últimos anos. Estas iniciativas fazem da OpusMúltipla a agência Top of Mind do Paraná e de Santa Catarina há vários anos, além de ser a agência com a maior nota de satisfação entre os clientes dos dois estados. A fala de Rodrigues foi prestigiada por proprietários de empresas de comunicação de vários segmentos de todo o mundo.

 

 


UTILIDADE PÚBLICA:

“Infância Segura” na festa de Corpus Christi

Secretário Ney Leprevost com religiosos

O secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, recebeu o padre Valdir Borges, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, Eduardo de Oliveira, da organização do evento Corpus Christi, e as representantes da Mitra, Bárbara e Sandra para firmar parceria com a Força Tarefa Infância Segura, programa da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) durante o evento de Corpus Christi, que será realizado no dia 20 de junho de 2019.

“Esta será ótima oportunidade para promover orientações educativas e de segurança com o objetivo de combater e prevenir crimes contra crianças”, afirmou o representante do evento.

PALCO NA SALETE

Neste ano, a exemplo de 2018, haverá vigília na noite anterior ao feriado (19/06) e apresentações diversas durante todo o dia de Corpus Christi (20/06) em palco montado na Praça Nossa Senhora de Salete. A missa celebrada na praça Tiradentes, em frente à Catedral, foi antecipada para às 14h. E, em seguida, haverá a procissão pela Av. Cândido de Abreu.

No aspecto social, será realizada a arrecadação de alimentos e agasalhos para destinar às pessoas mais necessitadas no inverno curitibano.


DOS LEITORES (1)

Oi retira orelhões de bairros

A operadora Oi, tem retirado vários telefones públicos de diversos bairros de Curitiba, inclusive no terminal do Portão, onde havia mais de 10, agora ficou somente um aparelho, no bairro Tatuquara muitos outros aparelhos foram retirados deixando a população sem este serviço de telefonia.

Foram retirados orelhões das ruas Antonio Zanon, João Goulart, e da Rua Padre Alcides Zanella, onde existe um conjunto de moradias populares (sobradinhos da CEF) – Minha casa, minha vida, onde moram mais de 200 famílias e era único aparelho que tinha lá, telefone (41) 3265-4604.

Moradores reclamavam do péssimo estado de funcionamento, e ao invés da Oi consertar, retiraram o aparelho do local, e não providenciaram outro em outro local do conjunto!

CÉLIO BORBA, aposentado, Curitiba


DOS LEITORES (2)

“Farol do Saber” sob vigilância

Farol do Saber no Sítio Cercado (Foto Lucilia Guimarães-SMCS)

Pelo jeito, segundo a sua coluna noticiou, há um claro esquema de vigilância na entrada do prédio da Rua Ébano Pereira com Avenida Luiz de Xavier. Tudo visando a controlar a Fundação Farol do Saber, de que são donos Margarita Sansone e o prefeito Rafael Waldomiro Greca de Macedo.

Espero que esse tipo de vigilância acabe resultado numa explicação pública sobre a “vida e obra da Farol do Saber” que, acredito, deve ter feito algo pela comunidade, conforme preveem seus estatutos. Isso embora estivesse apagada nos últimos anos.

Há muita movimentação de gente de todos os estratos sociais naquele endereço, sem que isso resulte em obras da dita fundação. Um mistério!

MARCOS C. D. DE CAMPOS MELLO, Curitiba


CURSOS & CONFERÊNCIAS:

Mostra SESC de cinema é oportunidade a independentes

Estão abertas as inscrições para a terceira edição da Mostra Sesc de Cinema. Cineastas independentes podem participar com o cadastro de suas produções no site da mostra (www.sesc.com.br/mostradecinema). Lançado em 2017, o concurso tem como objetivo incentivar e dar visibilidade à produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição, contribuindo para a promoção e o lançamento de artistas de todo o país. As inscrições vão até o dia 15 de abril.

AVALIAÇÃO ESTADUAL

Os filmes inscritos serão avaliados por uma comissão formada por profissionais e especialistas da área de cultura. Cada estado fará sua avaliação, com recorte dos melhores filmes, que serão exibidos em panoramas estaduais. O Panorama Nacional será composto por 32 filmes selecionados entre os melhores de cada região, além de sete obras infanto-juvenis.

A edição deste ano traz algumas novidades. Uma delas é a possibilidade de inscrição de médias-metragens, além de curtas e longas. Os vencedores receberão prêmios de incentivo à produção, como forma de promover e renovar o circuito cinematográfico nacional. Os filmes infanto-juvenis serão premiados com o contrato de licenciamento para exibição.


Crivella quer cassino, “sem pecado” para crentes

Marcello Crivella: pecados

O prefeito do Rio vive dias de baixa aceitação na cidade, por conta de uma série de descuidos de sua administração com a outrora cidade Maravilhosa.

Patinou muito no Carnaval, festa que deve considerar “coisa do Diabo” e que, sabidamente, não tem o placet da sua Igreja, a Universal.

Agora, mostra-se absolutamente laico, com esta tirada, depois de propor a construção de cassino na região do Porto Maravilha, Rio, e liberação do jogo no país:

– Quem achar que é pecado, não jogue.

Elementar, senhor alcaide dos cariocas.

O Porto Maravilha visto da Praça Mauá

TURISMO

Roma: arqueologia e tecnologia proporcionam uma visita virtual ao passado

Viaggio Nei Fori | Facebook | Fair Use

Projeções digitais mostram a longa e célebre história da Cidade Eterna

J.P. Mauro | Aleteia

A cidade de Roma está mergulhada em uma história cultural impossível de ser ignorada. Todos os prédios, estátuas e esquinas escondem um capítulo da longa história do local. Para turistas e visitantes, os monumentos e a arquitetura são belos, mas é preciso muito conhecimento histórico para montar o quebra-cabeça da cidade de quase 2.800 anos. Diz-se que é preciso uma vida inteira para ver Roma. Porém, graças à tecnologia moderna, isso pode estar mais fácil do que nunca.

A Cidade Eterna está passando pelo que a Forbes descreve como um “Renascimento digital”, uma vez que curadores combinam tecnologia moderna com arqueologia antiga para trazer a história de volta à vida. Os projetores de vídeo retratam imagens do passado sobre ruínas, exibições de luzes multimídia capturam a imaginação de multidões e viseiras 3D revelam reconstruções virtuais de monumentos e estruturas mais antigos.

Essas produções se devem, em grande parte, ao físico nascido em Roma, Paco Lanciano, que encontrou uma maneira de educar com sua paixão pela comunicação cultural. Lanciano acredita que, se você tornar a educação divertida, é mais fácil aprender e reter o conhecimento. Ele disse à Forbes: “Você precisa encontrar um equilíbrio entre criar algo espetacular para atrair a atenção do público e, ao mesmo tempo, ajudá-lo a aprender o processo. Mas é mais fácil dizer do que fazer.”

PROJETANDO O ESPETÁCULO

Mais de uma década atrás, Lanciano começou a trabalhar com Piero Angela, um importante apresentador de televisão e jornalista científico italiano, para projetar o espetáculo digital “Palazzo Valentini”, que oferece uma visita imersiva multimídia ao “Le Domus Romane”.

“A experiência foi surpreendente, porque esses dois mundos – tecnologia e arqueologia – nunca haviam se sobreposto antes. Na Itália, sempre houve uma separação entre ciência e humanidades, mas a ciência também faz parte da cultura. O propósito da ciência é entender, assim como o da arqueologia”, disse Lanciano sobre seu projeto inicial. “Não há razão para separar esses dois campos e, de fato, juntá-los pode produzir resultados muito positivos”, concluiu.

O sucesso do “Palazzo Valentini” levou a uma maior colaboração entre Lanciano e Angela. Eles se reuniram novamente para produzir o “Viaggio nei Fori”, dois programas que projetam as histórias do imperador Augusto e Júlio César nos antigos fóruns a cada noite de verão. Essas apresentações se tornaram muito populares e são um marco dos meses de verão para os turistas. As apresentações acontecem de 21 de abril a 11 de novembro de 2019.

Agora, Lanciano criou uma produção ainda mais ambiciosa de educação teatral: “Bem-vindo a Roma”. A apresentação de 30 minutos sobre a cidade é feita ao longo de três paredes, com modelos tridimensionais de alguns dos principais marcos da cidade.

HISTÓRIA EM MEIA HORA

“Bem-vindo a Roma” começa há milhares de anos com um punhado de tribos dispersas e se move rapidamente pelas muitas eras de Roma: a República Romana, o Império Romano, a Idade Média, a Renascença e finalmente os dias atuais. “Foi um grande desafio sintetizar a história de Roma, mas o feedback foi muito positivo”, disse Lanciano.

“Este é precisamente o meu método: deixar as pessoas experimentarem o prazer da descoberta e da compreensão”, diz Lanciano. “A experiência é a base da aprendizagem, por isso deve ser agradável. Eu sempre quero incentivar as pessoas a aprender mais. Não há nada mais tedioso do que algo que você não consegue entender. O tédio é meu inimigo”, conclui ele.


AÇÕES DE GOVERNO

Governador anuncia isenção de impostos para carros elétricos

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta quinta-feira (21), durante o evento internacional Smart City Expo Curitiba, um projeto de lei propondo zerar a alíquota de IPVA de veículos elétricos. (Foto: Gilson Abreu/ANPr)

Ratinho Junior assinou projeto de lei propondo zerar IPVA e anunciou que encaminhará ao Confaz pedido de isenção do ICMS. Ele participou do Smart City Expo Curitiba, maior evento de cidades inteligentes do mundo.

O Paraná será o primeiro estado brasileiro a conceder incentivo fiscal para estimular a produção e o uso de carros elétricos. O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta quinta-feira (21), durante o evento internacional Smart City Expo Curitiba, um projeto de lei propondo zerar a alíquota de IPVA de veículos elétricos, que hoje é de 3,5%. Ele também vai apresentar uma proposta de convênio ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) para que o Estado também possa isentar o ICMS para a aquisição desses veículos.

Ratinho Junior afirmou que o Paraná sai na frente no incentivo ao uso de energia limpa para o transporte. “O Paraná será o primeiro estado a isentar o IPVA de carros movidos à energia elétrica, além de buscar com o Confaz, que autoriza as isenções fiscais, a possibilidade de também zerar o ICMS desses carros”, disse. “A ideia é diminuir cada vez mais o preço dos veículos elétricos e torná-los mais acessíveis à população”, afirmou no evento, que reúne mais de 6 mil pessoas, de 80 cidades brasileiras e de 25 cidades do exterior.

A ideia, ressaltou o governador, é diminuir o uso de automóveis movidos à combustão, que são mais poluentes. “Estamos trabalhando antenados naquilo que o mundo vem fazendo. A busca de soluções sustentáveis é uma realidade com o uso de carros que poluem menos”, enfatizou.

ELETROVIA

O Paraná já tem uma eletrovia, que é mantida pela Copel. São oito eletropostos na BR-277, ligando Paranaguá, no Litoral, a Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado. “A Copel faz parte desse processo porque acredita que este é o futuro da mobilidade urbana, não só para os carros de passeio, mas também no transporte público”, afirmou o presidente da companhia, Daniel Pimentel Slaviero. “Temos um trabalho inovador, de termos implantado a maior eletrovia do país, ligando Paranaguá a Foz do Iguaçu, e hoje a iniciativa do governo é fomentar a produção e a utilização dos veículos elétricos”, disse ele.

A rede que garante a recarga gratuita para carros elétricos foi apresentada pela empresa no Smart City Curitiba Expo. Esta é a segunda edição brasileira do maior evento de cidades inteligentes do mundo, que acontece até esta sexta-feira (22).

Além da Copel, a Sanepar e a Celepar também apresentam novidades tecnológicas na exposição, que é chancelada pela FIRA Barcelona, organizadora do evento mundial Smart City Expo World Congress. “O Paraná trabalha para ser o estado mais inovador do Brasil, para aplicar tudo aquilo que existe em termos de inovação na gestão pública”, afirmou o vice-governador Darci Piana, que participou da abertura do evento.

SMART CITY

Quatro temáticas principais são discutidas durante o evento: viabilizando tecnologias para cidades inteligentes; governança em cidades digitais; cidades criativas, sustentáveis e humanas; e planejando cidades inovadoras e inclusivas. O evento é organizado pela iCities, empresa curitibana especializada em soluções para smart cities, em parceria com a prefeitura e o Vale do Pinhão.

A área de exposição conta com 35 empresas dos setores público e privado, exibindo soluções e inovações em áreas como iluminação pública, segurança, educação, saúde, saneamento básico, trânsito e urbanismo, além de mais de 80 especialistas e a participação de startups de Curitiba e região. Representantes das estatais paranaenses também participam de discussões sobre inovação e tecnologia no setor público.

Ricardo Zapatero, CEO da FIRA Barcelona, afirmou que os setores públicos e privados devem trabalhar juntos para construir cidades inteligentes. “O evento traz ao alcance de todos as novidades tecnológicas para o planejamento das cidades, como se pensam cidades inteligentes para melhorar a vida da população”, disse. “É muito importante a colaboração entre as administrações públicas e a iniciativa privada para buscar soluções e aportar a tecnologia”, afirmou.