A partir de agora

617

O Paraná tem chances de alcançar a contemporaneidade do mundo.  Vivemos o fim de um ciclo que insistiu em se alongar. Enfim, venceram as forças que parecem almejar a mudança e que se reuniram sob a liderança do novo governador, Ratinho Jr. Há de tudo, é verdade. Tucanos, liberais, sociais democratas, socialistas antiautoritários se unem para tentar inaugurar nova época sob o signo da liberdade e da promessa de um período de expansão da economia e consequente prosperidade.

Tratou-se de escolher entre a política herdada do populismo e do estatismo e a modernidade representada pela adoção de práticas que ampliam a participação da sociedade e de respeito às instituições democráticas. Em jogo, a modernização da própria estrutura do Estado que ainda é submetida a uma burocracia esclerosada e esclerosante.

Cada povo tem o governo que merece, mas desde que tenha aprendido a lutar por ele. Não é o nosso caso. Instituições políticas equilibradas e firmes são necessárias porque os chefes de governo não podem ser sempre invariavelmente bons, competentes e justos. Nós sabemos muito bem disso, depois de longa experiência.

Lágrima por Waltel

Waltel Branco, um dos grandes nomes da música nacional, morreu no último dia 28 de novembro, no Rio de Janeiro, aos 89 anos de idade. Entretanto, a notícia só foi divulgada hoje pela filha, com quem morava no Rio há pouco mais de um ano. Waltel Branco é nome insuperável. É desses pra quem a gente desfila adjetivos sem capacidade de descrever o florir de sua música, lugar em que o extraordinário se torna frequente.

Nos Portos

Luiz Fernando Garcia da Silva será o presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) no próximo governo. Profissional com atuação intensa nas esferas da administração pública e no planejamento dos projetos portuários, é graduado em Economia pela Universidade Federal do Paraná, tem especialização em gestão de empresas. Atual Diretor-Presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (CODESP), Luiz Fernando já foi assessor especial do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

Supérfluo

O Congresso Nacional autorizou a liberação de R$ 100 milhões do orçamento deste ano para a compra de um navio que irá atuar na Antártida. O pedido foi feito pelo governo federal em outubro deste ano e a proposta abre crédito especial em favor da Emgepron (Empresa Gerencial de Projetos Navais), companhia pública vinculada ao Ministério da Defesa.

Sujou

Wellington Sérvulo Romano passou 248 dias fora do Brasil entre 2015 e 2016 Parte da movimentação financeira atípica de R$ 1,2 milhão do policial militar Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), vinha de depósitos feitos por outros nove assessores ou ex-assessores do deputado estadual e senador eleito. Um desses assessores era Wellington Sérvulo Romano da Silva, que recebia pagamentos da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) mesmo fora do Brasil.

Isolar PT e PSL

A movimentação pela eleição da presidência da Câmara continua. Os deputados articulam jeito de formar um bloco que isole PT e PSL. A estratégia testada da vez é apoiar a reeleição de Rodrigo Maia e com ela, dividir cargos importantes da Casa. O bloco declara que não fará oposição a Bolsonaro, mas tampouco se apresenta como completamente alinhado com o governo.

Muito poder

A eleição para a presidência da Câmara é secreta. Votam as 513 excelências. É cargo de muito poder porque além de ser o segundo na linha sucessória da Presidência, o presidente da Câmara pode decidir a pauta de votações do plenário e definir coisas como por exemplo o enterro ou prosseguimento de eventual pedido de impeachment contra o presidente da República.

Cida inaugura

A governadora Cida Borghetti inaugurou nesta quinta-feira (13), em Fernandes Pinheiro, a pavimentação do trecho de 4,5 quilômetros entre a BR-277 e o Distrito de Angaí. A obra, aguardada há 40 anos, teve investimento foi de R$ 5,6 milhões. “É uma obra importante que vai fomentar o desenvolvimento, atrair investimentos e garantir segurança e agilidade às cerca de 225 famílias que vivem aqui”, disse a governadora.

Maioria apoia

O Ibope foi pesquisar qual é o grau de satisfação dos brasileiros com os caminhos percorridos até aqui. Três em cada quatro brasileiros acreditam que o presidente eleito e sua equipe estão no caminho certo em relação às decisões tomadas até o momento; 14% acham que Bolsonaro está no caminho errado e 11% não sabem ou não responderam à pergunta. A pesquisa foi feita entre 29 de novembro e 2 de dezembro e ouviu 2 mil eleitores de 127 municípios. A margem de erro máxima estimada é de 2 pontos percentuais, e o nível de confiança é de 95%.

PF cumpre mandado

A Polícia Federal colocou seus homens nas ruas hoje pela manhã para cumprir mandado de busca e apreensão contra um jovem de 23 anos que ameaçou Jair Bolsonaro pelas redes sociais. A PF quer saber se há outras pessoas envolvidas com o autor de postagens que “incitaram a subversão da ordem política fomentando a morte” de Bolsonaro, quando ele ainda era candidato. Contra o investigado também pesam xingamentos que fez contra o vice, Hamilton Mourão.

João Arruda adverte

Em mensagem de despedida à bancada do MDB na Câmara, o deputado federal João Arruda (PR) fez um alerta. “Nosso partido vai viver momentos difíceis e precisamos urgentemente pensar em alternativas para melhorar a imagem da legenda.” A aliados, Arruda justificou a previsão. Disse acreditar que correligionários serão presos em 2019.

Não larga o vício

Tem muita gente torcendo para que Requião coloque pijama, chinelos e vá para casa acompanhar a política pelos jornais. Mas em seu discurso de despedida nessa semana, ele avisou que quando encerrar o mandato não se recolherá à vida privada, “não tenho também esse direito. Enquanto respirar, viverei pelo Brasil, fiel, intransigentemente fiel, à utopia que me embala desde a meninice: o sonho de um país soberano, desenvolvido e bom para todos”. Como Requião vai fazer para continuar publicamente sua luta pela “soberania nacional”? Isso ele não explicou.

Athlético milionária

O título da Copa Sul-Americana traz muitos benefícios ao Athlético. A premiação apenas pela final foi de R$ 9,7 milhões. No total, o Furacão lucrou R$ 17 milhões por participar da segunda competição mais importante entre clubes das Américas. Para noção de comparação, o Palmeiras faturou R$ 18,7 milhões com o título do Brasileirão. Mas na esfera de competição, o Rubro-Negro também saiu muito bem. Além de garantir vaga na Libertadores da América, o clube vai disputar a Recopa Sul-Americana contra o River Plate, campeão da Libertadores.

Licenciado

O PSDB luta para se levantar, cada suspiro para cima é acompanhado de uma nova derrocada. Na intenção de dar uma melhorada na imagem, tucanos se esforçam para que Aécio Neves se licencie do partido. Na conta de parte dos integrantes da sigla, é menos prejudicial perder uma cadeira na Câmara ano que vem do que continuar com Aécio no partido.

Com ou sem eleições

No mundo civilizado onde há eleições, quando passa o período das urnas, passa também a necessidade de manter a solidez física da Justiça Eleitoral. Nos lugares onde é moda respeitar os recursos públicos, esse tipo de instituição se desfaz com o término das eleições para retornar no próximo pleito. Na bananeira começou assim, tanto que a composição do TSE tem certo caráter provisório: três ministros do STF, dois do STJ e dois da Advocacia. Mas em algum momento da história isso se transformou em 35.371 servidores e R$ 5,5 bilhões por ano (quase 90% para pagar salários), com ou sem eleições.

Luxo

Só por curiosidade, sem intenção de irritar o leitor: os ministros do TSE trabalham terças e quintas à noite, para isso cada um têm gabinete de 150 metros quadrados.

Frota de carros

Em 2018 Sobraram R$ 28 milhões dos recursos repassados para Câmara de Curitiba. Era possível devolver essa grana para prefeitura para que ela se transformasse em obras ou serviços na cidade. Mas os vereadores resolveram que o melhor seria empregar o dinheiro na renovação da frota de carros da Câmara e outras coisas de igual importância.

Registro espúrio

Investigações da Polícia Federal no âmbito da Operação Registro Espúrio, que apura irregularidades no Ministério do Trabalho, identificaram desvios de 12,9 milhões de reais de uma conta administrada pela pasta, e uma nova fase da ação foi deflagrada hoje para aprofundar as investigações. O desvio saía da Conta Especial Emprego e Salário, um fundo abastecido com dinheiro de contribuição sindical e administrado pelo ministério, por meio de pedidos fraudulentos de restituição. O STF expediu 14 mandados de busca e apreensão a serem cumpridos por agentes da PF em Brasília, Goiânia, Anápolis e Londrina.

Lava Jato devolveu

A Operação Lava-Jato começou há mais de quatro anos, simbolizando um marco no combate à corrupção. E, no que compete às colaborações homologadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), já foram contabilizados mais de R$ 848 milhões que retornaram aos cofres públicos. Além disso, no balanço de 2015 até hoje, a 5ª Câmara de Combate à Corrupção do MPF apreciou mais de 35 acordos de leniências e de colaboração premiada, o que envolveu mais de R$ 24 bilhões. São mais de 200 condenações e quase 3 mil anos de prisão somados.

Ressarcimento

Segundo dados divulgados pelo Ministério Público Federal (MPF), está em curso, em todo o país, mais de 130 operações de combate à corrupção. Com as de grande porte, como a Lava-Jato e a Greenfield, o órgão tem buscado o ressarcimento de mais de R$ 67 bilhões aos cofres públicos.

Com militares

Pouca gente sabe: o primeiro compromisso oficial de Jair Bolsonaro em Brasília, depois da vitória no segundo turno, foi com um grupo de oficiais da cúpula das Forças Armadas. Quase no final da reunião, Paulo Guedes foi convidado a participar do encontro e outro civil da comitiva teve de esperar do lado de fora. Em meados de novembro, visita ao ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna. Bolsonaro estava com Mourão, Augusto Heleno, Paulo Guedes, Gustavo Bebianno e os filhos. Depois teve reunião com militares (Guedes presente) para tratar do orçamento das três Forças e da reforma previdenciária para militares.

Milagre de Natal

Enquanto tenta vender até 49% da Leader Magazine, que carrega uma dívida de R$ 230 milhões (os últimos prejuízos teriam somado R$ 800 milhões), o investidor Fábio Carvalho negocia a compra do que sobrou da Editora Abril. Carvalho é dono do fundo Legion, que tenta dar sobrevida a empresas desenganadas. Tem sido assim com a Leader, comprada junto ao BTG há dois anos. Resumo da ópera: funcionários e ex-funcionários da Leader e da Abril estão à espera de um milagre de Natal.

Visão

Damares Alves, nova ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, consta aos mais chegados que já teve uma visão comovedora: viu Jesus num pé de goiaba. Algumas figuras do novo governo ironizam – à distância, claro – e acham que não é nada de excepcional: afinal, o venezuelano Maduro sempre vê Chavez num passarinho.

Olho no médium

A Record exibiu esta semana vídeo de 2016 onde Dalva Teixeira, filha do médium João de Deus, que processa o pai e exige R$ 50 milhões de indenização (o processo corre sob segredo de Justiça), denúncia que ele teria mantido relações com ela quando tinha entre 11 e 14 anos. Na gravação, considera o pai “uma pessoa má” e que ela vivia debaixo de ameaças. E exibiu também outro vídeo, gravado nesses dias, onde a mesma Dalva desmente o processo e passa a mão nos cabelos do pai, falando carinhosamente dele. Esse vídeo teria sido feito sob coação.

 

Coleção

Rebeca Abravanel, que apresenta com competência o Roda a Roda, Jequiti, no SBT e que já foi casada com Leonardo Cid Ferreira, filho de Edemar Cid Ferreira e com o deputado federal Guilherme Mussi (PP), agora e depois de rápido affair com Henri Castelli,  tem sido vista em companhia do jogador Alexandre Pato.

 

Violência

Levantamento do Banco Mundial com mais de 170 países está mostrando que menos de 15 possuem taxas de homicídios piores que as do Brasil. Mais: se o país reduzisse pela metade o seu atual índice de 30,3 mortes dos 100 mil habitantes ao ano subiria apenas cerca de 12 posições no ranking internacional. São Paulo, mesmo com o menor índice do país (10,9) estaria ainda entre as 40 nações mais violentas do mundo.

 

E você?

O apresentador e empresário Luciano Huck acaba de aparecer em páginas políticas dos jornais reclamando que “Bolsonaro não tem um projeto de governo”. Foi o suficiente para que, nas redes sociais, os bolsonaristas atacassem Huck perguntando se ele tem algum projeto de governo ou se instituiria o “Bolsa Lata Velha”.

 

Força no Natal

Preocupada com o baixo faturamento do Shopping Cidade Jardim, em São Paulo, que reúne muitas grifes de luxo do mundo, a JHSF lança campanha de Natal, avisando que agora também podem ser feitas compras por e-commerce. Os primeiros anúncios informam que as compras podem ser parceladas em até 10 vezes nos cartões e serão entregues no mesmo dia para moradores em São Paulo.

 

Em férias

O apresentador e empresário Silvio Santos, que acaba de chegar aos 88 anos, sai de férias com sua mulher Iris Abravanel para mais uma temporada em Orlando, na Flórida, onde possuem grande casa num condomínio. É o suficiente para um especial tipo de pânico se instale entre diretores do SBT. É que, sempre nas férias, quando não tem muito o que fazer, Silvio manda fazer mudanças na grade de programação, de um dia para outro, só para começo de conversa.

 

Aviso

Nas salas de reunião e mesas executivas da Odebrecht, em São Paulo, tem hoje uma placa bem na vista e com cores chamativas com um aviso. Se alguém souber de “comportamentos inadequados em nossos ambientes”, que violem o compromisso da empresa com a integridade e a transparência, dispõe de um canal telefônico 24 horas para fazer denúncias.

 

Só com impostos

Estudo do Ministério da Fazendo endereçado à equipe de transição do novo governo revela que não é possível passar de um déficit primário em torno de 2% do PIB previsto para este ano, para um superávit que estabilize a dívida pública em patamar não muito elevado, apenas com corte de despesas. Sem reformas fiscais, o crescimento será baixo: 0,7% em 2019, 0,5% em 2020 0.6%, 2021 e 0,4% em 2022. Se houver crescimento, esses percentuais podem aumentar. Em caso contrário, só com aumento de impostos.

 

Reforço

O procurador Carlos Fernando Dias Santos Lima, que deixou a força-tarefa da Lava Jato em setembro, poderá integrar a equipe de Sérgio Moro em Brasília. Ele era o segundo da hierarquia do “petrolão” do Ministério Público Federal, atrás de Deltan Dallagnol, que Moro quer ver na Procuradoria-Geral da União – o que poderá não acontecer.

 

Lá fora

Enquanto Ernesto Araújo, futuro chanceler, vira as costas para o Pacto Global de Migração, assinado por 160 países (o Brasil vai se juntar a grupo liderado por Trump, com Polônia, Hungria, Austrália e Chile), três milhões de brasileiros vivem no Exterior (é mais do que a população do Distrito Federal) e serão devidamente protegidos pelo pacto. No Brasil, hoje, vive um milhão de estrangeiros.

 

Canudo próprio

No primeiro verão carioca depois da proibição do uso de canudinhos de plástico no comércio, a ordem é andar com seu canudo reutilizável na bolsa. Dá para comprar vários pela internet. Tem modelos de metal e de papel, biodegradável – e até de bambu e vidro.

 

Antigo esquema

Relatório da Coaf mostra que mais da metade de depósitos em espécie feitos na conta de Fabricio de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, foi feita em dias de pagamento da Assembleia Legislativa do Rio a servidores ou até três dias depois – e retirados nos mesmos períodos. O padrão nas ações faz supor que servidores estariam depositando percentual de seus salários na conta de Fabricio que, na sequência, faria retiradas em dinheiro com outro destino. O que não chega a ser novidade em muitos gabinetes do Legislativo.

 

Sumiço

Dos muitos amigos do médium João de Deus, alguns milionários, entre São Paulo e Rio, nenhum deles deu o ar da graça até agora para mexer uma única palha em defesa do homem da Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia. Muitos convidaram-no para grandes festas ou até ofereceram jantares em sua homenagem. Lula, a propósito, que conviveu bastante com o médium, está atônito e acompanha a novela dos assédios pelos noticiosos de televisão.

 

Em espécie

Os bancos, agora em fase patriótica e aguardando ações de Sérgio Moro na área, discutem com o governo a imposição de um teto para movimentação de recursos em espécie, com medida de prevenção à lavagem de dinheiro. A ideia é que saques e pagamentos em estabelecimento comerciais sejam limitados a valor em torno de R$ 10 mil por operação. Para depósitos, nada de restrições.

 

Outro chanceler

Eduardo Bolsonaro, que está virando um chanceler informal do pai, depois da visita aos Estados Unidos, está articulando viagem à Ásia logo no início do ano que vem para uma rodada de encontros com investidores locais, sujeita a declarações surpreendentes – como já acontece quase habitualmente.

 

Bolsoleco

Petista e integrantes de outros partidos e movimentos de rua já preparam manifestações contra Jair Bolsonaro, tão logo ele assuma a Presidência e têm pronto um balão com características do novo Chefe do Governo: é o Bolsoleco. Mais: na conhecida fabrica do interior do Rio que produz, sempre para o carnaval, máscaras de figuras conhecidas, já estão prontas as que reproduzem as feições de Bolsonaro.

 

Manifestação

O PT acaba de postar vídeo em seu perfil oficial no Twitter com imagens de um protesto em Berlim, chamando-o de “Lulaço”. Só que era feito por apenas quatro pessoas: duas, tocando “olê, olê, olá, Lula, Lula” em cornetas e outras duas segurando uma faixa onde se lia “Lula livre”.

 

Querem falar

O Cerimonial do Palácio do Planalto está tentando encaixar no protocolo da posse de Jair Bolsonaro líderes de mais de uma dezena de igrejas evangélicas que querem se pronunciar no ato ecumênico programado para 1º de janeiro. Consultado, Bolsonaro ficou na dele: não que se indispor com nenhuma dessas lideranças, embora acredite que irá sofrer na cerimônia por conta da bolsa de colostomia.

 

Nuvens cinza

As relações entre Jair Bolsonaro e o vice-general Hamilton Mourão estão ligeiramente estremecidas. Mourão havia combinado que teria determinadas áreas subordinadas a ele e Bolsonaro passou para outras figuras do núcleo do novo governo. Mais: jornais estrangeiros querem entrevistar Mourão, ele já avisou que vai topar e a decisão incomodou o Capitão.

 

Aproximação

Em jantar na residência oficial do presidente da Câmara, Rodrigo Maia foi decidido que existirá uma tentativa aproximação com o PSL. Se não der certo, a cúpula do DEM irá pedir para que o presidente eleito fique pelo menos isento na escolha do futuro presidente da Casa. O ex-líder do DEM, Efraim Filho disse: “O DEM quer que o presidente trate o tema com isenção. Não queremos nem o apoio nem o movimento a favor de outros candidatos. O melhor é se manter equidistante e deixar o Parlamento resolver”.

 

Expulsos

Segundo levantamento da Controladoria-Geraal da União 566 servidores federais foram expulsos dos seus cargos: 65% (371 pessoas) por corrupção. É o maior número de expulsão dos últimos 15 anos.

 

Para 200

O candidato derrotado ao Planalto, Geraldo Alckmin (PSDB) fez uma palestra de cerca de duas horas para 200 alunos de uma universidade de medicina em Bauru, interior de São Paulo.  Foi recebido com churrasco e ao som de uma bateria formada por alunos e falou sobre demografia, estresse, ansiedade e depressão.

 

Contra Renan

Há quem garanta que o presidente eleito Jair Bolsonaro não quer que Renan Calheiros assuma a presidência do Senado. E que manifestará apoio a qualquer candidato que possa derrotá-lo. Onyx Lorenzoni, futuro chefe da Casa Civil, garante que o futuro Chefe de Governo tem simpatia por Tasso Jereissati (PSDB), Simone Tebet (MDB) e David Alcolumbre (DEM).

 

Filial de Temer

Com o aceite de Henrique Meirelles para comandar a Secretaria da Fazenda de São Paulo, o futuro governo de João Doria está sendo chamado de filial Temer. Tudo porque das 22 secretarias oficiais 6 serão ocupadas por ex-ministros do governo Temer.  Fora Meirelles também fazem parte do secretariado: Alexandre Baldy, que comandará a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, Gilberto Kassab, Casa Civil, Sérgio Sá Leitão, a Secretaria da Cultura, Rossieli Soares para Secretaria da Educação e Vinícius Lummertz, Secretaria do Turismo.

 

Corpo e regras

A atriz Luiza Valdetaro, 33 anos, que já fez 11 séries e novelas na Globo e que hoje mora em Londres, onde virou empresária e sócia da produtora multinacional BlueMoon, acaba de posar com os seios nus, associando-se ao movimento de Leticia Colin (apareceu com busto nu em Marie Claire e nas redes sociais) que decreta “Meu corpo, minhas regras”. Ela foi casada com o empresário Mariano Marcondes Ferraz, preso pela Lava Jato, de quem se separou ganhando R$ 5 milhões e R$ 60 mil de pensão mensal (sentença dada por Sérgio Moro). Luiza tem duas filhas.