A escritora paranaense que está conquistando o mundo

1871

 

 

Adriana Gavazzoni capa das revistas  “Up Words”, na Índia e “Brag!”, na África;

A paranaense Adriana Gavazzoni atualmente é destaque no exterior, por conta de seu trabalho literário, em países como  Estados Unidos, Índia, Canadá , África, Inglaterra. Em dezembro último, por exemplo, ela foi  capa destaque da revista “Up Words”  na Índia, que conta com  milhões de leitores e em janeiro da Revista “BRAG!”, na África. “Sempre sou procurada para entrevistas em rádios, blogs, revistas e também para fazer palestras em clubes literários em  países que visito”, comenta Adriana.

Atualmente  advogada e  ex-professora de direito, 49 anos,  Adriana  é escritora de romances e livros jurídicos. Ela domina os idiomas  inglês, francês, português e espanhol. E quando ela não está debruçada interpretando leis  ou escrevendo romances,   ela gosta de dançar tango, adora pintar , estuda astrologia e curte  a culinária. Ela é natural  de Foz do Iguaçu e  veio para  Curitiba aos16 anos para  fazer o curso de   direito. Atualmente vive na ponte aérea entre Foz do Iguaçu, Curitiba e Brasília, e idas ao exterior para receber participar de feiras de livros e receber prêmios, como em novembro quando foi à Miami receber menção honrosa do Reader´s Favorite (O Favorito dos Leitores).

Quanto as premiações, a escritora-advogada cita alguns como o que recebeu  pelo  seu primeiro livro “Atrás da Porta”, com o prêmio  “The Golden Book Award 2017-Readers Choice”, o “Book Excellence Award 2017”, a  Menção Honrosa em “Paris Book Festival 2017”, também a Menção Honrosa em “Reader’s Favorite Award 2017” e foi a finalista do Author Independent.

Adriana, com 20 mulheres destaque no mundo inteiro, incluindo a atriz Alex Okoroji, considerada a Ophra da Africa do Sul e Frankie Picasso, famosa radialista Canadense, participou de um livro chamado “Desnudei Meu Peito” (I Bared My Chest) para arrecadar fundos para entidades filantrópicas.

Recentemente ela concedeu entrevista ao blog “Redaline”, do jovem dramaturgo Cosme da Silva Ramos ( também  youtuber) , “que é um  apaixonado por literatura”, como diz Adriana.

O espaço “BUSINESS WOMAN”, selecionou alguns trechos da entrevista.

Ser escritora sempre foi o seu sonho ou você tinhas outros planos?

Adriana Gavazzoni – Eu escrevi meu primeiro “livro” aos dez anos de idade, não pensava em ser uma escritora, pensava em contar histórias, sempre adorei ouvir e contar histórias.  Ser escritora é consequência disso

Ser advogada sempre foi algo que você queria para sua vida ?

Adriana Gavazzoni – Decidi muito jovem ser advogada.  Tinha apenas doze anos (pelas primeiras respostas você já pode saber que sou precoce), eu tinha certeza de que queria ser advogada e quando me perguntavam: “por que você não tenta vestibular para outra coisa?”.  Minha resposta sempre foi : “Direito ou nada”. Todo advogado é um escritor, vivemos de contar histórias para defender nossos clientes, o vínculo entre as duas carreiras é muito estreito.

Qual é o seu maior sonho?

Adriana Gavazzoni – Ver meus livros no cinema.

Quais são seus planos para as próximas obras?

Adriana Gavazzoni – Meu próximo livro – The Brilliant Game ( O Jogo Brilhante) – será lançado nos Estados Unidos neste  mês de fevereiro, concluindo a trilogia “Hidden Motives” – Motivos Ocultos. Penso em lançar em português o segundo livro da série “Lara´s Journal”, ainda este ano.  E já estou pensando em escrever o próximo. Minha mente fervilha de idéias que preciso por no papel.

Você prefere ser escritora ou advogada?

Adriana Gavazzoni – São carreiras extremamente complementares. Amo o direito no que concerne a escrever, cuidar dos clientes e odeio no que diz respeito a lidar com nosso judiciário lento e abarrotado de processos. Escrever é uma paixão, é o momento em que derreto a alma no papel…deixa eu pensar…prefiro ser escritora, com certeza!

Em quem você se espelha?

Adriana Gavazzoni – Em meu pai, um exemplo de honestidade.  A pessoa mais correta que já conheci. Ele é incapaz de atravessar sinal vermelho na madrugada “porque isso não é certo”.

De onde vem a sua inspiração para escrever?

Adriana Gavazzoni – Da vida, da advocacia, de observar o ser humano, sou muito observadora. As vezes a pessoa me diz uma frase e eu faço um capítulo inteiro com base na frase que ouvi. Músicas me inspiram, poesia me inspira.


Thaiane Andretta premiada 

Thaiane Andretta : Prêmio Profissionais 2017

Thaiane Andretta, foi uma das personalidades que recebeu o  “Prêmio Profissionais 2017”, em dezembro ultimo, evento promovido pela revista Auto Estima  que tem no comando a publisher Yumi Okamura. Thaiane   é formada em fisioterapia dermato-funcional e desenvolve também habilidade em coaching de emagrecimento definitivo. E atualmente, se dedica a consultoria para quem não se sente bem com  seu peso utilizando o consagrado método “5 S”.  Segundo Thaiane Andretta, a  filosofia do método de emagrecimento “5 S” se sustenta nos seguintes pilares: reeducação alimentar; suplementação de vitaminas e minerais; ação anti-inflamatória dos ômegas e  técnicas estéticas lipolíticas,  com a duração de 90 dias.


EACO comemora  40 anos

Karina Girardi: “Sinergia entre o mercado atual e a empresas prestadoras de serviços”

Para comemorar uma conquista de quatro décadas de atuação neste ano e acompanhar a evolução do mercado contábil, a EACO Consultoria e Contabilidade lança a sua nova logomarca. O projeto de redesign foi desenvolvido pelo Grupo Soma de Ideias e buscou integrar o simples e o funcional, com a força e a solidez da história da empresa. “Visamos aproximar ao máximo a identidade da EACO à realidade do mercado, afim de chegarmos a uma marca visualmente sólida e íntegra, porém dinâmica, contemporânea e acessível. Entendemos que essas são características importantes para que haja sinergia entre o mercado atual e a empresas prestadoras de serviços”, explica a gerente de Projetos e Comunicação da EACO, Karina Girardi.


Calendário da BPW Curitiba

A empresária Elisa Serra Lima; a vice-presidente da BPW Curitiba e  jornalista Isabela França; a associada da BPW Curitiba e cirurgiã dentista Adriana Bonfim; a vice-presidente da BPW Curitiba e  empresária Birgit Keller Marsilie  e a associada da BPW Curitiba e empresária Natália Gualter

A presidente da BPW Curitiba – Business Professional Women, Alison Mazza Lubascher, recebeu as associadas para o início dos trabalhos da entidade em 2018, na terça-feira(30) de janeiro, no Four Coworking. Além de apresentar o calendário das atividades e as novas associadas, a BPW Curitiba anunciou a criação do círculo de palestras para empresárias e executivas no ParkShopping Barigui a exemplo do que ocorreu no ano passado no Pátio Batel.

 

 


Como lidar com o cliente

Claudia Bittencourt : “Surge uma nova forma de pensar”

As mudanças latentes nas relações de consumo estão transformando as estratégias dos empresários que buscam diretrizes para tornar a vida do cliente o mais simples possível com ferramentas capazes de descobrir o que o seu público deseja antes mesmo dele saber o que quer. Como? A diretora geral do Grupo Bittencourt e especialista em desenvolvimento e expansão de redes de franquias e negócios,  Claudia Bittencourt, elencou algumas  práticas para as empresas usarem como guia em 2018. 1- Dados! Surge uma nova forma de pensar. Os dados dos seus clientes obtidos por meio de algoritmos e inteligência artificial serão os grandes aliados das empresas para entenderem a fundo o que o consumidor deseja. 2- Descobrir como ajudar o consumidor a ser quem ele deseja ser. Cada vez mais as pessoas se inspiram em estilos de vida diferentes para formar o seu próprio jeito de ser. As marcas que conseguirem ajuda-los a se tornarem esse ser único e especial ganham espaço importante na vida do cliente.3- O maior acesso à informação faz com que um nível de consciência mais amplo seja atingido pelas pessoas. O consumidor hoje tem ciência do impacto negativo que o consumo exacerbado causa no planeta e se sente de certa forma culpado por isso.

Os desafios  em 2018

2018 será um ano bem brasileiro: muitos feriados, Copa do Mundo e eleições presidenciais marcarão o calendário, que já está preocupando quem tem negócio próprio, afinal, o varejo sofre nestas datas específicas.

Melitha Novoa Prado, consultora jurídica especializada em relacionamento de redes Melitha Novoa Prado elencou alguns  desafios para o varejo, os empreendedores e as franquias em 2018. Alguns cuidados que a consultora apontou:  A Economia ainda é inconstante, principalmente por conta das influências políticas externa e interna.  Enquanto os Estados Unidos implantam uma reforma tributária que, se não agrada a todos, ao menos, auxilia no controle fiscal e mantém o PIB em crescimento, no Brasil, o cenário econômico é muito instável, ainda. As taxas de juros estão controladas e até em níveis mais baixos, mas, a demora em aprovar as reformas necessárias para controlar os gastos públicos já fizeram com que agências como a S & P rebaixassem a nota brasileira na escala de investimento.  As eleições, no Brasil, são uma incógnita .  Estamos às vésperas das eleições presidenciais e ainda nem bem sabemos quem serão os candidatos e suas propostas. Essa volatilidade cria um temor do mercado e uma retração dos investidores, afinal, é preciso esperar para investir apenas depois do cenário ser desenhado, porque o rumo da Economia só é determinado com uma nova equipe.