A Federação Croata de Futebol divulgou um comunicado em seu site oficial nesta quinta-feira para informar que o técnico da seleção do país, Zlatko Dalic, se reuniu com Davor Suker, presidente da entidade, para discutir os próximos passos dos atuais vice-campeões mundiais e também para revelar que houve um entendimento entre as partes para que o treinador siga à frente da equipe nacional.

O organismo croata confirmou que o encontro serviu para analisar o trabalho realizado pelo treinador desde quando assumiu a seleção croata, em outubro do ano passado, e para tratar do futuro do comandante. E ele confirmou nesta quinta que a reunião com Suker foi “importante para falar abertamente com o presidente sobre todas as questões” pendentes com a federação e agradeceu “Davor por sua compreensão do que não considerou correto” neste período de cooperação iniciado em 2017.

“Eu acho que resolvemos todos estes problemas e eu olho para a frente mirando novos desafios”, destacou Dalic, que no ano passado havia sido contratado de forma emergencial para substituir Ante Cacic, demitido do comando por causa da má fase da Croácia nas Eliminatórias Europeias do Mundial de 2018.

Às vésperas da decisão contra a França, que ficou com o título na Rússia com uma vitória por 4 a 2 sobre os croatas, o treinador revelou que comandou o time nacional sem receber salário no último jogo da fase de grupos do qualificatório europeu e nas duas partidas da repescagem, que garantiram a classificação da seleção para a Copa.

Agora, porém, Dalic conquistou um novo status e respeito no cenário do futebol mundial como técnico com o vice-campeonato na Rússia e Suker deixou claro que a continuidade do treinador está garantida, embora nenhum novo acordo contratual tenha sido assinado pelo comandante até agora. A federação indicou que isso deverá ocorrer ainda nesta semana, quando o seu Comitê Executivo “tomará decisões formais” em uma reunião com a presença de Suker, segundo avisou na nota divulgada nesta quinta.

Ao comentar como foi a última conversa que teve com Dalic para discutir o futuro da seleção e do treinador, Suker disse que o encontro também “foi bom para se lembrar com Zlatko todos os momentos maravilhosos durante a Copa do Mundo” e destacou que o vice-campeonato mundial “é uma prova de que todos os que estavam envolvidos nesta história fizeram um excelente trabalho”.

“Eu estou contente que nós discutimos abertamente o que poderia ser melhor no futuro e que juntos iremos mais longe em novas vitórias”, projetou o dirigente, que como jogador da Croácia também fez história como artilheiro da Copa de 1998, na França, onde a sua seleção terminou com um surpreendente terceiro lugar.

A Federação Croata de Futebol também informou que, no próximo dia 20, Dalic anunciará a sua primeira lista de convocados à seleção depois da Copa de 2018. O treinador chamará os jogadores para dois compromissos em setembro: um amistoso contra Portugal e um duelo diante da Espanha pela Liga das Nações, competição recém-criada pela Uefa.