Ronaldo Fraga abre salão de calçados

Depois de receber o troféu de Estilista do Ano da Associação Paulista de Críticos de Arte-APCA, entregue nessa segunda-feira, e expor as criações que assina para a Kildare em Belo Horizonte, Ronaldo Fraga estará em Gramado- RS neste domingo 21, para debater o tema Autenticidade e Moda. Ele participa, a partir das 18h, do Papo Legal, evento que integra a 26ª edição do SICC-Salão Internacional do Couro e do Calçado.
“Será mais uma oportunidade de debater moda e negócios”, reafirma a diretora de Relacionamento da Merkator Feiras e Eventos, promotora do Papo Legal, Roberta Pletsch. Além de tendências, a palestra também aborda outros interesses de fabricantes, estilistas e lojistas.
No SICC se poderá ver a linha de tênis assinada pelo estilista mineiro, que ganhou noite memorável no Grande Hotel Ronaldo Fraga, quando Belo Horizonte sediava o Minas Trend Preview Verão 2018. Os modelos expressam o universo do skate. Destaque para o couro maleável que garante uma textura similar à lona (parabéns aos curtumes Rusan, Bom Retiro e Moderno), também nobuck e couro liso.
“Adorei fazer esse trabalho com a Kildare porque rompeu a distância oceânica entre o design e a indústria brasileira. Os jovens, de 15 a 20 anos, poderão pôr nos pés um produto todo nacional”, comemora Ronaldo Fraga, cuja criatividade é umbilicalmente ligada à cultura de seu país. A ideia de se valer do skate não é tendência. Os filhos Ludovico e Graciliano são exímios skatistas.
A parceria entre a marca e o designer surgiu por meio do Design na Pele, do projeto Brazilian Leather, um incentivo às exportações do couro nacional realizado pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil em parceria com a Apex-Brasil, e apoio da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados.
Já na segunda-feira 22, o Serra Park abre suas portas para o SICC, que durante três dias apresentará os lançamentos de primavera e verão 2018 da indústria calçadista brasileira. Participam 380 expositores de calçados e acessórios, que juntos respondem por cerca de 1600 marcas. “O salão é mais longo e abrange mais mercados, já que os produtos para o calor têm espaço nas vitrines de todo o Brasil, ao contrário dos produtos de inverno”, observa Frederico Pletsch, diretor da Merkator, promotora do SICC, acrescentando que o evento “é uma plataforma de lançamento de coleções, de aprofundamento dos relacionamentos, e claro, um momento importante de vendas para a indústria”.
O número de expositores é o maior já registrado no SICC. Assim, a Merkator, esperando maior visitação, ampliou em 20% a estada e passagens de lojistas preferenciais. Com isso, objetiva ultrapassar a marca de 18 mil visitantes.
Frederico Pletsch lembra ainda que mais de 200 importadores foram convidados, tanto de países parceiros do Mercosul quanto de mercados em busca de consolidação, como Romênia, Líbia, Emirados Árabes Unidos, Espanha e França. A expectativa da indústria nacional é manter o crescimento das exportações, que no passado tiveram ampliação de 4%. Por certo, projetos como Design da Pele, ao dar uma cara brasileira para os calçados, contribuem para aumentar o interesse estrangeiro. A gaúcha Kildare, por exemplo, atua em mais de 30 países e as exportações respondem por 15% dos negócios da empresa.

Leia Também: