Indícios, primeiro livro de poesias de Rodrigo Alonso, com ilustrações de Sarah Barbosa Soares e projeto gráfico de Ignacio Hervas, sai do prelo, marca a estreia da editora Labirinto e ganha lançamento em Curitiba e Londrina. O autor, até agora dedicado ao cinema, ao teatro e ao jornalismo, revela-se poeta e tem livro prefaciado pelo colega José Carlos Fernandes.

Sua poesia,  revelada ao se encontrar com a obra de Pablo Neruda, reúne “observações amorosas tímidas e platônicas, que fogem da rima para buscar uma sonoridade liberta e autêntica”. Lembra Rodrigo que descobriu Neruda ao ler Jardim de Inverno, em 2009: “Ali percebi: eu deveria buscar o que estivesse próximo à minha própria alma”.

Alonso contou com a parceria de dois artistas e sobre esse encontro diz: “Queria que as minhas poesias apenas fossem uma inspiração, e não a exigência. Com isso eu sinto que o livro se expandiu no contexto do subtexto, com imagens que ampliam o que é lido como um todo e que só ganhou com a criação da Sarah e a arte do Ignácio no livro”, afirma o autor.

Todo o valor arrecadado com as vendas durante o lançamento será revertido para comprar e distribuir livros infanto-juvenis para escolas públicas e bibliotecas comunitárias. Indícios conta com o apoio da Copel e do Profice, programa  da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná.

Lançamento nesta quinta-feira 14, às 20h nas Livrarias Curitiba do Shopping Estação. E no dia 21, às 20h, nas Livrarias Curitiba do Catuaí Shopping.