Revestimentos 3D adicionam estilo e movimento aos ambientes

26

A técnica, tendência no design de interiores, é uma ótima opção para renovar e decorar os espaços com originalidade

Em alta na arquitetura e na decoração, o revestimento 3D, é uma ótima opção para inserir contemporaneidade, beleza e movimento aos espaços. As placas de revestimento 3D, à venda na Revesttir, são ideais tanto para ambientes internos, como externos. “Essas peças oferecem originalidade ao espaço e podem ser colocadas em qualquer ambiente, explica a diretora da Revesttir, Shayana Prieto. De acordo com ela, os revestimentos 3D também dão destaque ao ambiente, justamente por oferecerem profundidade ao olhar de moradores e visitantes.

“Além da sofisticação e do aspecto moderno das peças, ela também adiciona movimento e oferece ânimo ao espaço”, defende a arquiteta Ana Johns, que acredita que inserir o revestimento 3D é mais interessante do que simplesmente modificar a cor do espaço. Segundo ela, o painel decorativo tridimensional, em alto ou baixo relevo, é altamente resistente, mas deve-se atentar na hora da limpeza. “Os produtos usados precisam ser de acordo com cada material. Outro cuidado é na hora da instalação, que deve ser feita por profissionais qualificados”, detalha Johns. Isso para que não se altere o belo aspecto do painel.

Os revestimentos 3D estão disponível no mercado em diversos materiais como gesso, porcelanato, cimento, alumínio, PVC, PET, e até mesmo fibras vegetais, a citar o bambu e a cana-de-açúcar, ideais para ambientes específicos. “As peças cimentícias podem ser usadas em salas, varandas, quartos. Já para cozinhas, banheiros e áreas externas é interessante que o produto seja resistente à água, então o porcelanato é mais indicado”, diz a arquiteta. Além disso, pode ser encontrado em vários formatos, tamanhos e tipos de volumetrias.

Perfeito para qualquer projeto, o uso do painel 3D requer somente bom senso no restante da decoração. “Pelo fato de o painel em si já ser uma peça que ressalta aos olhos, indico que o restante da decoração não seja exagerada. Desse modo não se ‘rouba’ a atenção que deve ser dada ao revestimento”, finaliza a arquiteta. Assim, também não se polui o ambiente, tornando-o cansativo e “poluído”.