Programa Benchmarking Brasil 2015 apresenta ranking com as 28 melhores práticas socioambientais do País

O Programa Benchmarking Brasil chega à sua 13ª edição e divulga o ranking 2015 com as melhores práticas socioambientais do País. Os três primeiros colocados foram Itaipu Binacional (PR), Cargill e Triunfo-Transbrasiliana com os respectivos cases Mais Peixes em Nossas Águas, Pomarola Mais Sustentável e Multiplicadores em Educação Ambiental. Outras 25 organizações foram certificadas pelo Programa este ano, considerado o mais importante selo socioambiental do País justamente o pelo seu formato inovador com que mobiliza a massa crítica do setor e contribui para o avanço da sustentabilidade. Todas as empresas submeteram seus cases para avaliação de 16 especialistas de seis diferentes países segundo a metodologia “Benchmarking”, reconhecida pela ABNT e já são referências pela inovação e qualidade de suas práticas.

Essa edição recebeu 58 inscrições de organizações de vários ramos e portes, localizadas em todo território nacional. Os 28 cases reconhecidos este ano passam a integrar o maior banco digital de práticas de sustentabilidade certificadas e com livre acesso do país, e também são publicados em livros e revistas especializadas e de gestão, além de serem apresentados em encontros técnicos.  “Apesar de existirmos há mais de uma década, são poucas as organizações que conseguem passar pelo crivo do Programa Benchmarking Brasil e obter nota suficiente para ter seu case certificado”, diz Marilena Lavorato, idealizadora da iniciativa.  “Benchmarking Brasil é um contraponto ao green washing, e a organização que participa comprova sua coerência (e excelência)”, encerra.

Leia Também: