Marcelo Melo avança à final das duplas no Torneio de Sydney

317

O brasileiro Marcelo Melo está classificado para a final da chave de duplas do Torneio de Sydney. O mineiro e o polonês Lukasz Kubot se garantiram nesta quinta-feira na decisão do ATP 250 preparatório para o Aberto da Austrália com a vitória sobre o indiano Rohan Bopanna e o francês Edouard Roger-Vasselin por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 5/7 e 10/8, em 1 hora e 29 minutos.

Na final, prevista para as 3 horas (de Brasília) desta sexta-feira, Melo e Kubot, que formam a dupla número 1 do mundo, vão encarar o alemão Jan-Lennard Struff e o sérvio Viktor Troicki, que passaram nesta quinta pelo holandês Jean-Julien Rojer e pelo romeno Horia Tecau por 7/6 e 6/1.

Na semifinal desta quinta, Melo e Kubot tiveram um início lento, tanto que perderam o saque logo no primeiro game. Mas eles devolveram a quebra de serviço e empataram a parcial em 3/3. Depois, converteram mais um break point, no décimo game, para fechar a parcial em 6/4.

O segundo set teve uma única quebra de serviço, no 11º game, favorável a Bopanna e Roger-Vasselin, que venceram a parcial por 7/5. A definição do duelo, então, ficou para o match tie-break, vencido por Melo e Kubot. Assim, eles se classificaram para a decisão do Torneio de Sydney, primeira competição que disputam na temporada 2018.

“Começamos o ano bem aqui, estamos na final. Foi um jogo duríssimo. Aproveitamos bem as oportunidades no primeiro set. Aí tivemos só uma, no segundo, mas eles jogaram bem, conseguiram converter e aproveitaram a chance que demos no final da série. O match tie-break acabou sendo decidido no detalhe, apesar da vantagem que tivemos de 9/4. Conseguimos manter a calma e fechar no 9/8, o que foi bastante importante para nós também, pois dá ainda mais confiança por termos saído de uma situação difícil”, explicou Melo.

A quinta-feira também definiu os confrontos das semifinais da chave de simples do ATP 250 de Sydney. O italiano Fabio Fognnini vai enfrentar o russo Daniil Medvedev, enquanto o australiano Alex De Minaur terá pela frente o francês Benoit Paire.