Literatura é uma festa

 

Celebrar a diversidade sociocultural do país por meio da literatura é o objetivo da Festa Literária da Caixa que, em sua primeira edição, reúne Fabrício Carpinejar, Xico Sá, Mary Del Priore, André Neves, Luci Collin e Conceição Evaristo.

Em Curitiba, será nesta terça dia 12 e na quarta-feira, com curadoria nacional de Emmanuel Rosa. A FliCaixa vai promover debates temáticos mais sessões de autógrafos. E o primeiro dia será dedicado a um importante leitor: a criança. Glória Kirinus, escritora paranaense, abre a FliCaixinha com um bate-papo sobre as obras infanto-juvenis, às 14h30 desta terça.

 

 

Depois, o Professor Sócrates recebe a criançada para a Brinquedoteca Itinerante – Jogos, Brinquedos e Brincadeiras Daqui, Dali e De Lá. Às 16h, o autor e ilustrador pernambucano André Neves vai brincar com as crianças. Para encerrar, em cena o espetáculo Taqui, Tique Tá.

 No segundo dia, serão realizadas quatro mesas-redondas. Booktuber- A nova crítica literária é o tema de abertura, às 10h, com o jornalista Yuri Al’Hanati, a booktuber catarinense Pam Gonçalves e a crítica literária Gisele Eberspacher.

 

Em seguida, as escritoras Conceição Evaristo e Luci Collin, com mediação da jornalista Yasmin Taketani, debatem as Múltiplas Linguagens da Sensibilidade Feminina.

 

A terceira mesa reúne o curitibano Luís Henrique Pellanda, o cearense Xico Sá e o gaúcho Fabrício Carpinejar para discorrer sobre o tema Feios, Cheirosos e Malvados.

Já o tema Histórias da Gente Brasileira, que encerra a Flicaixa, será abordado por Mary Del Priore, vencedora de três Jabutis.

Agende-se: Caixa Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 280), nesta terça e quarta, 12 e 13. Entrada grátis (mediante ordem de chegada).

 

Repórter do NY Times lança livros em Curitiba

 

 Charles Duhigg, repórter do The New York Times, estará nas Livrarias Curitiba do Palladium, nesta terça dia 12,para autografar os livros O Poder do Hábito (ed. Objetiva, R$ 52) e Mais Rápido e Melhor (ed. Objetiva, R$ 49,90). Ele também participa de um bate-papo com o público com tradução consecutiva, às 19h30, com entrada franca.

As duas obras tê m viés publicitário e empresarial, discorrendo sobre ciência da produtividade, um novo entendimento da natureza humana e seu enorme potencial de transformação.

 

 Lira Neto fala de leituras

 

O jornalista e biógrafo Lira Neto é Um Escritor na Biblioteca, encontro marcado para esta terça dia 12, às 19h30, no auditório da Biblioteca Pública do Paraná (entrada franca). O jornalista Ricardo Sabbag  mediará o bate-papo, em que o convidado fala sobre suas obras e suas leituras.

Há 17 anos, Neto vem escrevendo biografias – Padre Cícero, cantora Maysa, os ex-presidentes Getúlio Vargas e Castello Branco e, neste ano, Uma história do samba, que traz a trajetória de compositores e intérpretes. Sua produção lhe valeu quatro vezes o Prêmio Jabuti de Literatura e Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (2014).

 

 Biblioteca homenageia Ferrarini

 

Uma exposição retrospectiva da trajetória do historiador Sebastião Ferrarini (1925-2014) pode ser vista na Biblioteca Pública do Paraná até 11 de outubro. Ele, nascido em Colombo, escreveu inúmeras obras sobre a colonização de cidades que compõem a Região Metropolitana de Curitiba, a escravidão e imigração europeia.

Ferrarini atuou como professor em diversas instituições. Entre 1972 e 1974, dirigiu o Instituto de Educação de Curitiba e também pertenceu ao Círculo de Estudos Bandeirantes.

Além de suas publicações, a mostra reúne fotos de momentos das várias atividades profissionais do homenageado, um dos responsáveis pela construção da memória paranaense.

Leia Também: