No mês das crianças, vem a Curitiba a peça Bisa Bia, Bisa Bel, baseada no premiado clássico de Ana Maria Machado. Personagens e história ganham vida no palco através de canções e jogos, numa adaptação e direção de Joana Lebreiro, que assina as canções com  Marcelo Rezende, da banda Gogó Boys, de Tiago Abravanel. A montagem carioca faz itinerância pelo país com o aval de sete prêmios.

Conta a história da menina Isabel, que passa a se compreender por meio de uma presença imaginária com sua bisavó, aflorando reflexões femininas. Levar as crianças a conhecer essa história também pelo próprio livro,  revelou a diretora na estreia da peça no Rio. Ela explica: “Esse livro marcou a minha infância. Ele conta uma história emocionante com humor, poesia e lirismo”.

Na adaptação, a história de Bisa Bia, Bisa Bel é contada através de cinco crianças em um despretensioso musical que mistura realidade com a fantasia para abordar “a importância da memória e a formação da identidade, principalmente no universo feminino, com reflexão sobre o papel da mulher ao longo da história”.

 Ana Maria Machado conta:  “Quando escrevi Bisa Bia, Bisa Bel estava com muita saudade das minhas avós. Vontade de falar sobre elas com meus dois filhos. Não imaginava que pouco depois ia ter uma filha e essa linhagem feminina ainda ia ficar mais significativa para mim e que este livro fosse ganhar tantos prêmios e tocar tanto os leitores”.

Leve as crianças: Teatro da Caixa Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 280),  dias 20 e 21 deste mês, sendo sábado às 15h e às 18h e no domingo, às 15h. Ingressos a 16 e 8 reais.