Coffee Experience, atração do Catedral

A barista Elaine e os quatro processos de filtragem do café

Quem aprecia café não pode perder esta oportunidade que já se firma como marca registrada do Café Catedral, de Curitiba (av. Barão do Cerro Azul, 81, Centro Histórico): a Coffee Experience, degustação de quatro processos diferentes de filtragem de café, que até o sábado 22/4 tem preço promocional de R$ 22 para duas pessoas, em homenagem ao dia internacional do café, comemorado todo 14 de abril. Na sequência, o preço será levemente alterado. As xícaras são acompanhadas do biscoito holandês Stroopwafel.

O Café Catedral tem este nome porque é vizinho quase de porta da Catedral Basílica Menor de Curitiba. Foi criado há três anos, no período pré-Copa do Mundo da Fifa, empreendimento do casal Elaine de Oliveira, barista, e Gilmar Schmetka. Há pouco, a casa foi contemplada com o Selo de Qualidade no Turismo do Paraná.
A Coffee Experience consiste na degustação do café de um mesmo grão feito pelos métodos French Press (prensa francesa), Aeropress (prensa americana), Hario V60 (extração japonesa) e Coadinho (extração brasileira), de uma só vez. Nessa ordem, os sabores vão ficando mais acentuados, a bebida, mais densa.
O Catedral tem um amplo cardápio para todos os gostos, dos tradicionais ao café gelado e ao coffee shake com sorvete. E ainda o menu de Café da Tarde, com omeletes, crepes, croque monsieur, sanduiches, empanadas, doces e bolos, tudo caseiro. Para o almoço, a partir das 13h, e o jantar (a casa fecha às 20h, de segunda a sábado), há um amplo cardápio de sopas, escondidinhos, risotos, massas, strogonoff e sobremesas. A cozinha é comandada pela chef Raquel Novaki, formada em Gastronomia pela PUC -PR.


Uma noite especial no bistrô

Boeuf bourguignon, o prato principal da noite

A nova edição da tradicional “Nuit du Vin” que o bistrô L´Épicerie (r. Fernando Simas, 340, Bigorrilho) programou para a quarta-feira 26/4, às 20h, terá pratos com sabores de inverno, elaborados com o timbre do chef Gustavo Alves. O evento conta com a parceria da importadora Porto a Porto, cujo sommelier e gerente de vinhos, Flávio Bin, selecionou, para a harmonização, rótulos do Velho Mundo.
O jantar começa com a mise en bouche, uma cesta de pães, manteiga de Roquefort, geleia de tomates, tapenade e pistou, acompanhada do espumante português Bairrada Brut Messias 2012. Segue-se a soupe à l”oignon, receita típica francesa de sopa de cebola gratinada, harmonizada com o tinto Monastério San Prudêncio 2015.
O prato principal será o clássico boeuf bourguignon, com o espanhol Marqués de Tomares Reserva tinto 2011, e a sobremesa a harmonização do crème brulée de baunilha com Jerez Premium Cream, da Bodegas Rey Fernando de Castilla.
O jantar custa R$ 125,00 por pessoa mis serviço e as reservas podem ser realizadas pelo telefone 41 3079 1889, após as 16h;ç valet no local a R$20.


Clássicos em porções individuais

Hard Rock Café: lunch ribs ao estilo St. Louis

Clássicos do cardápio da casa em porções individuais são agora servidos de terça a sexta-feira no almoço executivo (Lunch Menu) do Hard Rock Cafe Curitiba (r. Buenos Aires, 50, Batel), a partir das 12h. São seis sugestões de pratos, com preços entre R$ 19,90 e R$ 32,90, e “cada um reserva um mimo ao cliente”.
Tatiani Cavalli, ‘kitchen manager’ (responsável por todas as operações da cozinha) do Hard Rock Cafe Curitiba, diz que o Lunch Menu teve seu cardápio realinhado à proposta da casa: “Estamos trabalhando com duas opções de grelhados (carne branca e vermelha), uma massa, a costelinha suína, que se destaca com um dos pratos mais pedidos, uma opção de hambúrguer (criada exclusivamente para o Lunch Menu) e outra de salada”. A saber: Lunch New York steak, Lunch chicken, Lunch penne pasta, Lunch ½ ribs. (Ao pedir um desse quatro pratos, o cliente ganha a mini house salad de entrada); Lunch burger Jr (acompanha um refrigerante) e Lunch house salad (acompanha um chá por conta da casa)


Almoço do MON, novos ingredientes

MON Café: cardápio artesanal para o almoço prolongado

O chef Flávio Frenkel, titular da Anis Gastronomia, começa a introduzir mudanças no cardápio do MON Café, do Museu Oscar Niemeyer (r. Marechal Hermes, 999, Centro Cívico, em Curitiba), que passa a ser montado de forma artesanal com ingredientes produzidos no Paraná. A ideia é oferecer ”pratos da alta gastronomia, mas com preços mais acessíveis e um serviço rápido, no estilo fast-food”.
Para as refeições, servidas das 12h às 18h, além de oito tipos de saladas, panquecas e massas lisas (tagliatelle, spaghetti ou pappardelle) e as recheadas (ravioli di arrosto, recheado com carne assada; ravioli di baccalà, recheado com bacalhau desfiado puxado no azeite de oliva extra virgem, e o ravioli di mozzarella, recheado com mussarela de búfala). Para acompanhar, a escolha fica entre sete opções de molhos caseiros. Também destacam-se os sanduíches especiais, dez no total, com pães de fermentação natural e lenta.
O MON Café tem, naturalmente, uma carta de cafés, que também podem ser acompanhados de uma variedade de doces. Abre de terça a domingo, das 10h às 19h.

Leia Também: