Cerâmica vai às escolas

349

Dois mil alunos do Ensino Fundamental de dez escolas municipais de Curitiba serão beneficiados com um aulas de cerâmica indígena. O projeto, batizado por Tauá (argila em Tupi Guarani), compreende 60 oficinas até julho deste ano. O criador do projeto é o artesão, arte educador e músico Fabio Mazzon, que desde 2004 produz cerâmica a partir de pesquisas de técnicas usadas por povos indígenas. Outro ministrante da oficina é o artesão e pedagogo Pietro Rosa que há anos trabalha com crianças, inclusive com necessidades especiais.