1994, sonhos em Nova York

O artista norte-americano Ian “Hydeon” Ferguson organiza desfile da marca curitibana 1994 e exposição em Nova York, na galeria 7two7 Create, sediada no Brooklyn. Será dia 8 próximo. Na mostra Into the Foliage: Dream Sequence 1, modelos realizarão performance com falsos paparazzis. As peças em desfile trazem estampas de Hydeon, que em abril veio para o lançamento da coleção em Curitiba.
A estilista da 1994, Edna Machado, assina a coleção de vestidos de neoprene com padronagens essas exclusivas, calças, blusões e camisetas, de cortes puros, linhas minimalistas e dedicada ao universo genderless (sem identidade de gênero).
A performance na galeria, segundo o artista, visa uma “narrativa visual da pesquisa entre sonhos, mundos etéreos, vida real, e a relação entre a natureza e a experiência de vida de Nova York. A exposição explora como todos esses lados se encontram nos sonhos e como eles podem voltar juntos na vida real pela arte e pelas lentes da imaginação.”
A 1994 estreia na Big Apple na semana (7 a 14 de setembro) da New York Fashion Week. E lançamentos em outros países já entraram no cronograma. Edna Machado, que criou a 1994 em 2012, conheceu Hydeon por meio das redes sociais. Ele lembra: “Eu estava muito curioso sobre as blusas de moletom que ela estava fazendo e ofereci uma obra minha em troca de uma blusa. Depois disso, começamos gradualmente a colaborar em projetos de roupas usando meu trabalho. Tem sido uma experiência realmente divertida”.
Camisetas e moletons da 1994, com desenhos do artista, estão disponíveis na loja do Museu Oscar Niemeyer, e no showroom da marca, em frente ao Relógio das Flores. Ele, inspirado pela atmosfera gótica, já teve entre seus clientes Converse, RedBull, Pabst Blue Ribbon e The World Trade Center – NYC.


Vermelhando todas as estações

Enquanto houver Ferrari em linha de montagem, a cor vermelha nunca deixará de estar na moda. Vermelho é um clássico. E sempre faz sucesso em festas e na passarela. Foi, por exemplo, um dos looks mais admirados no encerramento do Pátio Batel Fashion Walk, na noite dessa quarta-feira. A cor estava no macacão usado pela modelo paranaense Barbara Berger. Não só o vermelho vem esquentando a primavera e o verão, também volta com força o estilo utilitário, não por acaso representado pelo macacão, que pode bem ser feminino, romântico, atual e nem um pouco funcional. É para brilhar, só.

 

 

 


Simple Organic

Marca de cosméticos orgânicos, veganos e naturais de Florianópolis-SC, a Simple Organic participou nessa semana da IBE – Indie Beauty Expo, em Nova York. É uma das mais importantes feiras voltada para o mercado de beleza indie e que conecta marcas, grandes compradores e consumidores nos Estados Unidos que defendem a democratização da beleza natural.
“A feira teve um papel muito importante durante todo o processo de concepção da marca, pois o evento celebra a beleza indie e reúne marcas de diferentes nacionalidades, especialmente as americanas, canadenses e australianas, que nos inspiraram”, lembra Patricia Lima, fundadora da Simple Organic, observando que o movimento indie na beleza levanta a bandeira do Slow Beauty e traz um novo jeito de se relacionar com os cosméticos. “Por isso mesmo, a marca costuma apresentar modelos e produtos que fogem ao padrão que o mercado está acostumado a ver. Isso inclui também a velocidade com que os produtos são disponibilizados ao consumidor consciente, já que prega por práticas mais sustentáveis na indústria, ao longo de toda a cadeia produtiva”.


QUESTÃO DE BELEZA

Body Butter, 25 anos
A inglesa The Body Shop festeja os 25 anos de seu mais notável produto tendo a ex-modelo Fernanda Lima como sua embaixadora. A marca, ativista de cosméticos naturais, festeja a Body Butter, manteiga corporal que tem uma unidade vendida a cada dois segundos no mundo. O segredo desse sucesso é a sua fórmula com alto poder de nutrição com duração de até 48 horas, que derrete na pele deixando-a suave e macia. Disponíveis em treze diferentes fragrâncias no Brasil, de Morango a Chá Verde, cada uma delas reflete a textura do ingrediente natural e mantém a pele hidratada e saudável. A The Body Shop não realiza testes em animais.

 

 

 

Mulher Maravilha
Sucessos nos quadrinhos e agora estourando no cinema, a Mulher Maravilha conquista espaço também na indústria de cosméticos infantojuvenil. A Grandes Marcas, empresa que surgiu após fusão de duas grandes indústrias de cosméticos, Nutriex e Biotropic, apresenta uma linha completa da Wonder Woman. São dez produtos, todos eles ilustrados pela heroína, divididos entre xampu, condicionador, hidratante corporal, spray para cabelos, antitranspirante e body splash. A linha atende não só crianças, mas também o público juvenil.

 

 

 

Vitamina C
A Bel Col Cosméticos lança novidades com formulação minuciosamente estudada para se adaptar a peles normais à secas, propiciando os benefícios da Vitamina C desde o processo de higienização da pele. O Creme Facial Renove C tem capacidade potencializada pela composição de ácido ascórbico em sua forma estabilizada. À alta capacidade antioxidante se somam o estímulo da síntese de colágeno, ação clareadora e iluminadora. O Creme Renove C acrescenta em sua linha home Care a Acqua Micelar com Vitamina C com ativos de Extrato de Acerola, Extrato de Calêndula, e Extrato de Acácia do Senegal nas embalagens de 140ml e na versão Pocket de 30ml que são práticos para levar na bolsa ou em uma viagem.

 

 

Anti-manchas
E para auxiliar no processo de clareamento da pele, com resultados clinicamente comprovados, a Bel Col apresenta a linha Hexyl.4R, composta por Sabonete e Fluído Clareador, que contem um princípio ativo inovador: o Hexylresorcinol. que regula pelo menos cinco diferentes etapas do processo de melanogênese, estimula a produção de enzimas antioxidantes, inibe a atividade de enzimas que fazem parte do processo de síntese de melanina e protege o DNA contra danos oxidativos.

Leia Também: